(Por: Paulo Silva)

Bruna Marquezine arrumou as malas rumo a Angola em uma viagem de ajuda humanitária. Deputado federal, Marco Feliciano levantou um questionamento sobre a atitude da atriz da Globo e recebeu uma resposta de Priscila Alcântara.

Feliciano compartilhou uma matéria sobre a ida de Marquezine para o país africano. “Qual a sua opinião?”, questionou ele no Twitter. Ele perguntou, e vários internautas responderam, entre eles a cantora gospel e ex-apresentadora do SBT.

Priscila, Bruna e mais um grupo de pessoas estão na Aldeia Missi, onde são atendidas mais de 1200 crianças em um projeto social na cidade de Kuito, na Angola. A jovem, então, deu sua opinião. “Minha opinião é que a gente tem que se preocupar com as questões sociais da gente enquanto sociedade, e não em abrir enquete sobre a vida pessoal da Bruna Marquezine, que aliás, está cumprindo o ide melhor que muita gente, pastor”, afirmou.

Marco pediu o comentário dos seus seguidores, mas não gostou da manifestação de Priscila. “A paz. Eu poderia ser deselegante como você e responder: Esta conta é minha, portanto faço dela o que eu achar melhor. Ou poderia como pastor lhe dizer assim: respeite os mais velhos que pavimentaram o caminho que hoje você segue. Mas por respeito não irei dizer nada”, disparou.

Mas, ele não se segurou, voltou à rede social e desabafou: “Sinceramente? Não entendi sua má criação. Que mal tem em perguntar aos irmãos e aos fãs o que eles pensam de uma viagem missionária? Isso pode despertá-los a fazer missões. Quando você nem era nascida eu já pregava em Angola, enfrentando o terrorista Jonas Savimbi. Ministrei para milhares de meninos e meninas mutiladas numa época em que missionários eram expulsos de Angola. Postei a enquete pra mostrar que ainda há jovens crentes que amam missões. Mas sua atitude aqui não condiz com sua ação lá em Angola”. Após a polêmica, Priscila apagou o seu post.

Fonte: rd1.com.br