22/05/2024

“Não quero ficar igual tatu”, diz Emanuel Pinheiro sobre pedido de liberação para apoiar Wellington

O MDB integra a coligação que dá sustentação à candidatura de Mauro Mendes (DEM)

Com o MDB formalizado na coligação que dá sustentação à candidatura de Mauro Mendes (DEM) ao Governo do Estado, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), declarou que irá oficializar o pedido de liberação para apoiar o candidato de outro grupo, o senador Wellington Fagundes (PR).

“Vou pedir porque não quero ficar igual um tatu [escondido num buraco], sem participar do processo, até porque não estou fazendo nada errado. Meu apoio ao Wellington foi acordado e quero que, institucionalmente, isso seja autorizado, para que eu possa levar adiante o projeto que nós começamos em 2016”, ressaltou o prefeito durante evento na prefeitura na última terça-feira (07).

Emanuel Pinheiro ressaltou ainda que estava esperando passar o período das convenções, quando as candidaturas são oficialmente lançadas e as composições partidárias definidas, pois o processo poderia mudar. “Agora vamos oficializar. Não quero que nada pareça deslealdade ou infidelidade”.

Embora afirme não estar sendo infiel ao partido ao apoiar o candidato ao governo de outro grupo, o emedebista reconhece que pode haver desconforto. “Não é bom não estar junto da nossa legenda, mas todos estão certos. Está certo o MDB em procurar uma aliança que entende melhor para Mato Grosso e estamos certos eu e a Janaína Riva em sermos coerentes com aquilo que começou a ser construído em 2016”.

A deputada estadual Janaína Riva (MDB), candidata à reeleição, inclusive, já assegurou a liberação do partido para apoiar o republicado, que é seu sogro. A autorização constou na ata da convenção, segundo ela, por questões pessoais. Janaína é namorada do filho mais novo de Wellington, Diógenes Fagundes.

“Se a Janaína ganhou aval, por extensão ganhei também, já vou sentir que estou avalizado”, brincou o prefeito, emendando que da mesma forma que autorizaram a deputada não tem porque não avalizarem o prefeito de Cuiabá.

Isso porque, além Wellington Fagundes, o filho de Emanuel Pinheiro, conhecido por Emanuelzinho (PTB), disputa o cargo de deputado federal na mesma coligação.

 

Fonte:  https://www.olivre.com.br

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize