23/04/2024

Com R$ 255 mi, Zeca é o mais rico; bens de Dilmar crescem 865%

Presidente da Assembleia, Eduardo Botelho é um dos que disseram ter ficado “mais pobre”

O patrimônio dos deputados estaduais por Mato Grosso cresceu 159% entre as campanhas eleitorais de 2014 e 2018, conforme dados enviados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

MidiaNews fez um levantamento dos bens declarados pelos parlamentares estaduais que irão disputar a reeleição neste ano ou ainda aqueles que tentarão uma vaga na Câmara Federal.

Somado, o patrimônio de 21 deputados passa de R$ 337,3 milhões. Na campanha de 2014, os mesmos parlamentares declararam pouco mais de R$ 129,9 milhões.

Não integram esse levantamento, os deputados Mauro Savi (DEM) – que está preso e não sairá candidato -, além de Zé Domingos Fraga (PSD) e Ademir Bruneto (PSB), que também não concorrerão no próximo pleito.

Mais rico

Alair Ribeiro/MidiaNews

Eduardo Botelho 23-03-2018

O presidente da AL, Eduardo Botelho, que disse ter ficado mais pobre

Com patrimônio declarado em R$ 255,6 milhões, o deputado Zeca Viana (PDT) figura como o mais rico da Assembleia.

Sozinho, Viana tem três vezes mais que a soma de bens de todos os colegas.

Na campanha passada, o valor declarado pelo deputado era de pouco mais de R$ 87 milhões.

Neste ano, constam na fortuna do político itens como terrenos, créditos decorrentes de empréstimo, quotas ou quinhões de capital, ações, entre outros.

Evolução de quase 1000%

Outro dado que chama atenção na declaração dos deputados é o patrimônio de Dilmar Dal Bosco (DEM), que teve um salto de 865%.

Em 2014, o democrata declarou pouco mais de R$ 2,3 milhões à Justiça Eleitoral. Desta vez, o montante chega a R$ 22,2 milhões.

Somente com aplicações e investimentos, Dilmar declarou mais de R$ 8 milhões. Ele também declarou uma série de bens e imóveis, veículos, terrenos, entre outros.

O patrimônio do deputado Daltinho (Patriota) saltou de R$ 9,9 milhões em bens em 2014 para R$ 15,4 milhões neste ano.

Mais “pobres”

Na relação, há ainda aqueles deputados que ficaram mais pobres quando seus bens atuais são comparados à disputa eleitoral de 2014. Um deles é o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM).

Quando eleito para seu primeiro mandato, Botelho disse ter um patrimônio de R$ 7,9 milhões. Desta vez, ele declarou R$ 6,6 milhões.

Gilmar Fabris (PSD) também disse ter perdido meio milhão, saindo de R$ 5 milhões, em 2014, para R$ 4,5 milhões, em 2018.

Romoaldo Júnior (MDB) saiu de um patrimônio de R$ 260 mil na última disputa para R$ 87 mil neste ano.

Outro que diminui o número de bens foi Wilson Santos (PSDB), que declarou R$ 834 mil na campanha passada para R$ 628 mil nesta disputa.

 

Veja valores declarados pelos parlamentares:

Baiano Filho (PSDB) – 2018: R$570.445,42 – 2014: R$149.300,00

Daltinho (Patriota) – 2018: R$15.423.556,67 – 2014: R$9.973.159,81

Dilmar Dal Bosco (DEM) – 2018: R$22.252.168,30 – 2014: R$2.394.864,76

Eduardo Botelho (DEM) – 2018: R$6.693.087,03 – 2014: R$7.919.055,54

Sebastião Rezende (PSC) – 2018: R$1.681.665,46 – 2014: R$1.231.128,00

Gilmar Fabris (PSD) – 2018: R$4.500.000,00 – 2014: R$5.000.000,00

Guilherme Maluf (PSDB) – 2018: R$2.337.194,01 – 2014: R$1.286.277,50

Janaina Riva (MDB) – 2018: R$2.371.396,23 – 2014: R$1.672.357,94

Max Russi (PSB) – 2018: R$3.453.847,52 – 2014: não consta

Nininho (PSD) – 2018: R$4.924.435,03 – 2014: R$2.245.281,98

Oscar Bezerra (PV) – 2018: R$4.473.768,54 – 2014: R$3.052.119,20

Pedro Satelite (PSD) – 2018: R$2.247.052,28 – 2014: R$1.014.048,06

Prof Allan (PDT) – 2018: R$170.243,49 – 2014: 2014: R$68.932,54

Romoaldo Junior (MDB) – 2018: R$87.435,20 – 2014: R$260.503,63

Saturnino Masson (PSDB) – 2018: R$7.839.310,35 – 2014: R$4.955.000,00

Silvano Amaral (MDB) – 2018: R$548.601,47 – 2014: não consta

Wagner Ramos (PSD) – 2018: R$535.000,00 – 2014: R$225.000,00

Wilson Santos (PSDB) – 2018: R$628.494,68 – 2014: R$834.371,28

Zeca Viana (PDT) – 2018: R$255.665.376,25 – 2014: R$87.451.499,75

Valdir barranco (PT) – 2018: R$549.047,79 – 2014: R$119.542,51

Disputará a Federal

Dr Leonardo (SD) – 2018: R$419.039,18 – 2014: R$146.238,57

TOTAL – 2018: 337,3 milhões  –  2014: 129,9 milhões

 

Fonte: http://www.midianews.com.br

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
TRANSPARENCIA

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize