23/04/2024

Criminosos filmaram execução de garota que teve corpo jogado em rio

A execução das adolescentes Keize Rodrigues, 16 anos, e Lana Talyssa Moreira Bezerra, 13 anos, encontradas mortas, dentro do rio Cuiabá, na região do Carrapicho, em Várzea Grande, na manhã da última quarta-feira (03), foi filmada pelos criminosos. Elas foram sequestradas e tiveram que entregar onde os membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) estariam. Sabe-se que ambas foram mortas por membros da facção rival, Comando Vermelho.

Nas imagens, que não serão divulgadas por contra da brutalidade, as adolescentes já estão com as mãos amarradas e de joelhos.  Ambas vestem as mesmas roupas de que quando foram encontradas boiando no rio. Keize e Lana também estão com cabelos curtos, que pode ter sido cortado pelos criminosos. Enquanto uma pessoa filma, uma segunda faz os disparos fatais.

Thalyson Thiago Taorda Oliveira, 23 anos, o único preso até o momento pela chacina, confessou o crime e revelou que as garotas eram namoradas de duas das vitimas (uma morreu e outra sobreviveu). Ele contou que na noite anterior, usando o carro Sandero, sequestraram as menores, que estavam na rodoviária de Várzea Grande, e obrigaram as adolescentes a indicar a casa onde os jovens rivais estavam.

Pela manhã, foram até o local, na Rua Miguel Leite, centro de Várzea Grande, e encapuzados tiraram o portão do trilho e invadiram a casa surpreendendo as vítimas com dezenas de disparos com as armas de fogo, enquanto dormiam em um quarto.

As armas usadas para cometer os crimes eram as que estavam na posse dele. Segundo o preso, os três somente pararam de atirar porque as munições acabaram e pensaram que todas as vítimas estavam mortas. Ainda referente a morte das adolescentes, o suspeito se recusou a informar as circunstâncias do duplo homicídio.

A delegacia Elaine Fernandes acrescentou que o trabalho iniciou deste a notícia dos crimes e que os investigadores permaneceram por horas ininterruptas, até a total identificação dos criminosos e prisão de um deles. “Acreditamos que em curto espaço de tempo todos serão presos. Enalteço o trabalho da equipe policial da Derf que trabalhou incessantemente para restabelecer a paz social”, agradeceu a delegada.

As adolescentes foram encontradas dentro do Rio Cuiabá, após moradores da região do Carrapicho ouvirem disparos de arma de fogo. As duas vítimas estavam com as mãos amarradas e foram baleadas.

Além de Thalyson, a polícia também identificou Donato Silva Nascimento (Netinho), 24 anos, e Luiz Fernando Oliveira Caetano Moreira (Dumbo ou Dumbão), que também irão responder pelos mesmos crimes.

 

Fonte: http://www.olhardireto.com.br

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
CNH

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment

Powered by WP Bannerize