18/07/2024

Flamengo busca a perfeição e mira os 80 pontos mágicos com arrancada ainda melhor que 2009

Por: Cahê Mota

Sete jogos, sete vitórias. Renê simplificou a matemática do Flamengo na luta pelo título do Brasileirão.Projeção para fazer a torcida sonhar com uma arrancada como a de 2009, quando o Rubro-Negro desbancou o próprio Palmeiras na reta final. A distância na ocasião, porém, era menor do que os quatro pontos atuais.

Faltando sete partidas para o fim da competição, o Flamengo tinha 51 pontos contra 54 dos palmeirenses. O Rubro-Negro, por outro lado, era somente o quinto colocado, com Atlético-MGInter São Paulotambém na sua frente.

Situação em 2009: 31ª rodada x classificação final

  • Palmeiras 54 x 62
  • Galo 53 x 56
  • Inter 52 x 65
  • São Paulo 52 x 65
  • Flamengo 51 x 67

Uma série de fatores, como confrontos diretos entre os candidatos, possibilitou o hexacampeonato em ano onde o campeão teve a menor pontuação da história: 67. Dos últimos 21 pontos em disputa, o Flamengo conquistou 16: 76,6% de aproveitamento.

Foi o suficiente para despachar Internacional e São Paulo, concorrentes na última rodada, que acumularam 13 pontos na reta final. A esta altura, Palmeiras e Galo já tinham ficado para trás após queda livre, com apenas 38% e 14,2% nas sete rodadas finais, respectivamente.

Aproveitamento nas últimas sete rodadas em 2009

  • Palmeiras – 8 pontos – 38%
  • Atlético-MG – 3 pontos – 14,2%
  • Inter – 13 pontos – 61,9%
  • São Paulo – 13 pontos – 61,9%
  • Flamengo – 16 pontos – 76,6%

Pesou a favor do Flamengo em 2009, o bom desempenho contra adversários diretos. Nas últimas nove rodadas, despachou São Paulo, Palmeiras e Atlético-MG (esses dois últimos fora de casa). O tropeço do último sábado evidencia a diferença de desempenho neste tipo de “decisão” em 2018.

– Sabemos que nesses sete jogos não podemos mais vacilar. Ficou um pouco mais difícil depois desse empate, mas começamos a semana forte. Precisamos voltar a vencer para sonhar com o título. Vai ser um jogo difícil. Temos que vencer todos e vamos fazer um grande jogo – disse Renê ao avaliar o duelo com o São Paulo.

Flamengo nas últimas sete rodadas em 2009

  • Barueri 2 x 0 Flamengo
  • Flamengo 1 x 0 Santos
  • Atlético-MG 1 x 3 Flamengo
  • Náutico 0 x 2 Flamengo
  • Flamengo 0 x 0 Goiás
  • Corinthians 0 x 2 Flamengo
  • Flamengo 2 x 1 Grêmio

O duelo do Morumbi entra na relação de confrontos diretos. Com três pontos a menos, o Tricolor paulista não ultrapassa por conta do número de vitórias, mas um tropeço praticamente sepulta as chances do Flamengo de levantar o troféu.

Todos os times que alcançaram 80 pontos com 20 clubes foram campeões: Cruzeiro (2014), Corinthians (2015) e Palmeiras (2016)

Com quatro pontos de desvantagem, o Rubro-Negro não depende de si próprio para levantar o troféu. A história, por sua vez, mostra que é praticamente impossível um time não sair campeão com 80 pontos (marca máxima alcançável pelo Flamengo).

Das 12 edições na era dos pontos corridos com 20 clubes, apenas uma vez o campeão ultrapassou este número: o Corinthians de 2015, com 81. Cruzeiro de 2014 e Palmeiras de 2016 levaram o título com 80. A média geral é de 75,4 pontos.

Assim, a matemática confirma as contas de Renê. O problema é que o Flamengo não tem mais chance de falhar. Depois do São Paulo, domingo, às 17h (de Brasília), no Morumbi, a equipe tem pela frente Botafogo (fora), Santos (casa), Sport (f), Grêmio (c), Cruzeiro (f) e Atlético-PR (c). Façam suas apostas!

Fonte: globoesporte.globo.com/futebol

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment

Powered by WP Bannerize