15/06/2024

Polícia Civil prende casal acusado pela morte de motorista da Uber

Por: CÍNTIA BORGES

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu nesta quinta-feira (1º) um casal suspeito de envolvimento na morte do estudante e motorista da Uber, Pedro Victor de Almeida Peroso, de 18 anos.

O crime ocorreu na madrugada do dia 19 de outubro no Bairro Princesa do Sol, em Várzea Grande. O jovem foi encontrado com diversas marcas de perfurações de faca, caído entre dois carros que estavam na garagem de uma residência.

A informação sobre as prisões foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil nesta manhã. A assessoria, porém, não deu mais detalhes sobre quem seriam os suspeitos e em quais circunstâncias eles foram presos.

A delegada Jannira Laranjeira, da DHPP, que está a frente do caso, deve dar uma entrevista coletiva ainda nesta manhã para falar das prisões.

Dias depois do crime, a delegada chegou a afirmar ao MidiaNews que os autores seriam pessoas conhecidas do motorista.

“Ele não foi atraído por uma chamada da Uber. Ele estava ali por um conhecido”, afirmou.

O crime

Conforme Laranjeira, o rapaz estava trabalhando como Uber e teria saído por volta de 1h e não foi mais visto.

O corpo de Pedro tinha marcas de perfurações de faca. Ele foi encontrado caído entre dois carros que estavam na garagem de uma residência.

“Ele correu para pedir socorro nesta casa, que era a única [nas redondezas] que não tinha muro”, contou Jannira.

O carro do estudante foi encontrado cerca de 50 metros de onde ele estava, com a porta do motorista aberta.

Segundo a PM, o pára-brisa do veículo, também ao lado onde fica o condutor, estava trincado, aparentemente ocasionado por uma pedra, que também estava na frente do carro.

A rua onde aconteceu o crime não é asfaltada e pouco movimentada.

Fonte:  midianews.com.br/policia

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
COMBATE A VIOLENCIA

Powered by WP Bannerize