15/06/2024

Atriz de “Segundo Sol” apresenta filho adotivo com lindo texto: “O amor não é biológico”

Por: Fátima Lopes

Thalita Carauta busca preservar bastante sua privacidade e vida pessoal nas redes sociais.

Entretanto, a atriz – que interpretou Gorete na última novela das nove da TV Globo, Segundo Sol – resolveu compartilhar um texto emocionante falando sobre o amor envolvido na adoção. Confira:

Texto inspirador sobre adoção e amor

Em um post no qual aparece ao lado da namorada, carinhosamente apelidada de Linoca, a artista exibe com muito orgulho também o pequeno Bento, de cinco anos e conta um pouco de sua história.

“Esse é o Bento, meu filho. Essa, Linoca, minha eterna companheira, parceira de vida! Sim, somos um família! Vitória! Na justiça dos homens e dos Orixás! Anos na batalha e hoje você já tem 5 anos! Haja coração!”, começa o texto.

No decorrer da legenda, ela reflete sobre o verdadeiro amor entre mãe e filho. “Meu filho, nosso amor nunca se fez em burocracias e heranças biológicas. Aliás, quando perguntam o que há de mais forte e importante na relação mãe e filho, seja adotiva ou biológica, a resposta é unânime: o Amor, e olha que curioso, ele não é genético”, continua.

No final, Thalita não esconde sua felicidade e prova que o amor vai muito além dos laços de sangue.

“O Amor sequer é físico, embora possamos sentir sua vibração em todo o corpo, principalmente coração. Mas se esse me fosse tirado, ainda sim te amaria, meu filho, porque o amor não é biológico. Ele é legítimo! E incondicional”, finaliza.

Leia o texto na íntegra:

E o amor se fez, raiz e flor! Esse é o Bento, meu filho. Essa, Linoca, minha eterna companheira, parceira de vida! Sim, somos um família! Vitória! Na justiça dos homens e dos orixás! Anos na batalha e hoje você já tem 5 anos! Haja coração!

Meu filho, nosso amor nunca se fez em burocracias e heranças biológicas. Aliás, quando perguntam o que há de mais forte e importante na relação mãe e filho, seja adotiva ou biológica, a resposta é unânime: o Amor, e olha que curioso, ele não é genético.

O Amor sequer é físico, embora possamos sentir sua vibração em todo o corpo, principalmente coração. Mas se esse me fosse tirado, ainda sim te amaria, meu filho, porque o amor não é biológico. Ele é legítimo! E incondicional.

Achar que ama um filho porque ele tem o mesmo cabelo que o seu, nariz, sangue, pele, estrutura genética, é condicionar o seu amor. Bento, meu filho, eu te amo livre!

Aos amigos, obrigada pela torcida!

Fonte: www.msn.com

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
VOTO CONSCIENTE

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment

Powered by WP Bannerize