15/06/2024

Preso, suspeito de matar mulher no centro de Cuiabá diz que ambos estavam drogados

Por: Karina Cabral

O suspeito de assassinar a mulher encontrada morta no Centro de Cuiabá, na madrugada da terça-feira (27), foi preso pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta quarta-feira (27). O acusado disse que a havia contratado para um programa, que ambos estavam sob efeito de drogas e cometeu o crime porque ela queria roubá-lo.

A mulher, ainda não identificada, foi encontrada caída no chão, já sem vida, na esquina da Avenida Getúlio Vargas com a Avenida Presidente Marques, no Centro de Cuiabá, próximo ao colégio Liceu Cuiabano.

Ela estava sem documentos e, por isso, sua identidade ainda não foi descoberta. A vítima tinha uma perfuração pequena nas costas, na região escapular. A Polícia Civil acredita que o ferimento tenha sido causado por uma tesoura. Depois de preso, o suspeito confessou ter sido essa a arma do crime.

Denivaldo Albino da Silva, 41 anos, foi identificado através de imagens de vários pontos da região, colhidas pela equipe de investigação. Os vídeos mostravam que o crime tinha sido cometido por um homem alto, gordo, de cabelos compridos e barba.

Conhecido por “tomar conta” de carros na praça Santos Dumont, Denivaldo foi encontrado rapidamente, sendo preso ainda em flagrante e autuado por feminicídio. Ele foi encontrado com uma bolsa e um guarda-chuva, que, segundo as imagens das câmeras, usava na noite do crime. Além disso, ele também estava com uma tesoura pequena de ponta fina, possivelmente utilizada no crime.

Quando localizado, o suspeito, conhecido como “Barba”, estava de cabeça raspada e barba feita. Em depoimento, ele afirmou que contratou a mulher para fazer um programa e ambos haviam utilizado drogas. Denivaldo disse que, em determinado momento, a mulher tentou roubá-lo, dizendo que iria chamar o marido e, achando que ela tinha armado contra ele, pegou uma tesoura e a atingiu nas costas.

“As imagens mostram os dois discutindo e em luta corporal, chegando o suspeito a pisar na vítima. Ele pesa cerca de 100 quilos e ela muito miúda e magra. Depois, ele chega por trás e efetua um golpe nas costas dela. A perfuração atingiu um dos órgãos que fez a vítima vomitar todo o sangue do corpo”, disse o delegado Frederico Murta.

O corpo encontra-se Instituto Médico Legal (IML) para procedimentos de necrópsia e identificação. Se alguém tiver alguma informação sobre a identidade da mulher, pode entrar em contato direito com a Polícia Civil, ou com o IML.

Fonte: olivre.com.br

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
VOTO CONSCIENTE

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
COMBATE A VIOLENCIA

Powered by WP Bannerize