17/05/2024

CV assina mega assalto à Gramarca mapa

(Por: Bárbara Sá)

O mega assalto à concessionária Gramarca da Miguel Sutil, revendedora da marca Chevrolet em Cuiabá, na madrugada desta quarta (9), foi planejado e executado pela facção criminosa Comando Vermelho. A informação foi obtida em primeira mão pelo RDNews. No total a facção roubou 23 carros, mas as forças da Segurança Pública conseguiram recuperar 19 veículos. Estavam espalhados em vários pontos da Capital, em Várzea Grande e Cáceres (a 220 km de Cuiabá), na fronteira com a Bolívia. Ainda não foram recuperados quatro.

Operação após assalto desencadeada pela Polícia Militar, Civil e o Grupo Especial de Segurança de Fronteira, o Gefron, também deteve quatro ladrões, sendo um deles de 16 anos. Ainda não há informações precisas sobre o número de criminosos envolvidos no grande assalto.

Ação organizada

O RDNews apurou que pelo menos três “equipes” participaram do roubo. A primeira invadiu a empresa, rendeu o segurança e pegou os carros. Cada carro tinha um destino. Foram escondidos em zonas rurais, galpão e matagais, esperando para ver qual deles tinha rastreadores.

Uma segunda equipe viria pegar os veículos e levá-los até Cáceres e Porto Esperidião (a 321 km de Capital), onde uma terceira equipe ficaria incumbida de entregar os carros a narcotraficantes na Bolívia, possivelmente para serem trocados por cocaína. Cada participante receberia R$ 2 mil reais no cumprimento da ação criminosa.

Uma caminhonete S10 prata foi recuperada pelo Gefron em uma estrada rural conhecida como Roça Velha, em Cáceres. O carro estava com Luiz Cebalho de Brito, o Chico Branco, 38 anos. Segundo o próprio suspeito em relatos no boletim de ocorrência, após a informação do assalto em Cuiabá, foi montado um bloqueio em vários pontos da zona rural.

Ao ser preso, Chico Branco contou que recebeu o carro em Porto Esperidião e que o “seu trabalho” era entregar a caminhonete na Bolívia. Esse foi o terceiro suspeito preso pela Polícia Militar. Antes dele, a PM prendeu Nathan Martins Fernandes, 18, Alexssander Gonzaga e Silva, 29, e o adolescente A.M.M.R.,16.

O RDNews montou um mapa apontando as cidadas e os bairros onde os carros roubados estavam.

O cerco

Após a informação sobre o roubo, a Polícia Militar fechou o cerco na Grande Cuiabá e conseguiu recuperar 83% dos carros roubados. De acordo com o Comandante do CR1, coronel Rodrigues, diante da situação foi determinado o empenho de todas as viaturas de serviço na recuperação dos veículos, tendo o apoio do Ciopaer com sobrevoos na Capital. “Com isso conseguimos recuperar 10 veículos pelo CR1 e os demais foram recuperados pelo Gefron e Derfva (delegacia especializada em roubos e furtos de veículos) e outras forças policiais”, detalha.

O coronel destaca a importância do empenho na ação rápida das Forças de Segurança, tendo em vista que esses veículos na mão de “meliantes” poderiam ser utilizados para roubos e como moeda de troca na compra de entorpecentes no país vizinho.

Outra ação

Vale lembrar que na, terça (8), seis criminosos do Comando Vermelho foram presos pela Força Tática em Várzea Grande. Roubaram uma casa, aterrorizaram a família e levaram três carros. Relataram, na Central de Flagrantes, que seriam levados até Cáceres e depois para a Bolívia.

Fonte: www.rdnews.com.br/policia

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment

Powered by WP Bannerize