28/05/2024

Governador do RJ diz que polícia tem suspeito de atacar deputada a tiros

(Por: Rayssa Motta)

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou no último domingo (13) que a linha de investigação inicial da polícia no caso do ataque à deputada estadual Martha Rocha(PDT-RJ) é de tentativa de latrocínio.

Witzel falou à imprensa após uma reunião com o delegado Giniton Lages, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, e o secretário de Polícia Civil, Marcus Vinicius Braga. Ele acrescentou, porém, que a possibilidade de um atentado à vida da parlamentar não está descartada.

Segundo informações do Fala Brasil, da RecordTV, o governador afirmou ainda que a polícia já identificou um suspeito de envolvimento no crime. O nome não foi divulgado.

Nesta segunda-feira (14), o carro da deputada passará por uma nova perícia. Imagens das câmeras de segurança instaladas próximo ao local do crime também serão colhidas.

Ex-chefe da Polícia Civil do Rio, a deputada estadual Martha Rocha teve o carro alvejado por tiros de fuzil na manhã de domingo, na Penha, zona norte do Rio. A deputada estava com a mãe e o motorista em um veículo blindado e não ficou ferida no ataque.

O motorista da parlamentar, o subtenente reformado da PM Geonísio Medeiros, ficou ferido por estilhaços de bala na perna. A mãe da deputada, de 88 anos, se abaixou no carro durante o ataque e não foi atingida.

Em novembro de 2018, Martha foi ameaçada de morte por milicianos. Segundo a deputada, a ameaça chegou três vezes, via disque-denúncia, e foi comunicada às autoridades de segurança.

Fonte: noticias.r7.com

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize