28/05/2024

Polícia prende os três envolvidos em latrocínio em lava a jato

As polícias Civil e Militar conseguiram localizar e prender, na noite dessa quarta-feira (16), os outros dois suspeitos de envolvimento no latrocínio do empresário Adriano Figueiredo de Oliveira, de 38 anos, em um lava a jato no Bairro Consil, em Cuiabá.

Elian Silva Bispo de Campos e José Igor Rodrigues dos Santos, ambos de 18 anos, foram encontrados escondidos em uma quitinete no Bairro Jardim Florianópolis, na Capital. Durante buscas no local, os policiais ainda apreenderam um revólver calibre 38, possivelmente usado no crime.

Horas antes, a polícia já havia localizado e prendido o suspeito Pablo Augusto de Almeida Nascimento, de 27 anos, no Residencial São Benedito, em Várzea Grande.

Pablo é o assaltante que chegou a ser preso logo depois do crime, mas conseguiu fugir do carro em que os policiais estavam usando, que não era uma viatura equipada.

Ele foi encontrado escondido no quarto de uma residência no bairro. Diferente das imagens divulgadas pela Polícia Civil, ele estava sem barba e com um outro penteado.

Conforme relato da Polícia Militar, os suspeitos confessaram o crime, sendo que Elian disse ter realizado os disparos contra o empresário, causando a sua morte.

Imagens divulgadas

Mais cedo, o delegado Caio Albuquerque, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), havia divulgado imagens de Pablo e de seus comparsas a fim de ajudar nas buscas.

“As equipes estão em diligência desde ontem, sem parar. Estamos divulgando as imagens com o rosto dos três para que a população de Cuiabá saiba quem são eles. Contamos com a ajuda de todos”, afirmou.

De acordo com o delegado, Elian e José cometeram infrações quando eram menores de idade. Já Pablo Augusto possui envolvimento em outro crime.

Relembre o caso

Na manhã de terça-feira (15), um funcionário e o proprietário do lava a jato foram rendidos e amarrados pelos três criminosos, que exigiam a chave de uma caminhonete S10.

Como o automóvel estava quebrado, os bandidos decidiram levar um Gol de um cliente do lava a jato. Neste momento, o empresário Adriano Figueiredo fazia caminhada e presenciou o assalto.Ele tentou evitar, jogando pedra nos assaltantes, que revidaram atirando.

Ferido no peito, Adriano correu para dentro de sua casa, em busca de ajuda, mas morreu após dar entrada no Pronto Socorro de Cuiabá.

Fonte: midianews.com.br

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize