17/05/2024

Falso curandeiro que chantageava crianças para obter fotos íntimas é preso

(Por: Jessica Bachego)

Edinei Honorato Lopes, 36 anos, o falso curandeiro conhecido como “Maníaco do Telefone”, foi preso em Rondônia, no sábado (2). Ele estava de carona em um veículo e foi identificado em uma abordagem de rotina, da Polícia Rodoviária Federal.

O homem tem mandado de prisão aberto, expedido pela Justiça de Mato Grosso, em ação em que é acusado de chantagear crianças para que mandassem para ele fotos nuas. O homem dizia que era curandeiro e ameaçava amaldiçoar as crianças, caso não atendessem ao seu pedido. Há registro de pelos menos 29 vítimas de Edinei.

Segundo o site  Rondônia em Pauta, ao ser abordado o motorista apresentou documentação, mas o suspeito informou apenas o primeiro nome. Posteriormente ele disse o nome verdadeiro e, em pesquisa, a polícia constatou o mandado de prisão pendente, desde março de 2018. Ele foi levado para a delegacia e está à disposição da Justiça.

Maníaco foi preso três vezes

Segundo as investigações, o suspeito entra em contato com vítimas do sexo feminino por meio de aplicativo de mensagens (whatsapp) afirmando que foi contratado para fazer um trabalho espiritual contra a criança ou adolescente. O objetivo do “trabalho” seria fazer a vítima ficar paraplégica e perder todo o cabelo. O investigado então declara que se a menor enviar fotos e vídeos íntimos não fará o feitiço.

Em Várzea Grande, o delegado da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso, Claudio Álvares de Sant’anna, afirma que já foram identificados 10 casos desse tipo de ação no município. Também foram registrados casos similares em outros locais da Baixada Cuiabana e também em cidades do interior mato-grossense.

O suspeito foi preso pela primeira vez em outubro de 2013, em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica), quando fez cerca de 40 vítimas, agindo da mesma maneira, fazendo ameaças enviadas através de mensagens no aparelho celular. Colocado em liberdade condicional com uso de tornozeleira eletrônica, o suspeito voltou a ser preso em junho de 2015, após ser flagrado com celulares com fotos de vítimas, menores de idade.

Fonte: www.hipernoticias.com.br/policia

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment

Powered by WP Bannerize