22/05/2024

Jorge Tadeu compartilha provas produzidas na Operação Sodoma com a Receita Federal

O juiz Jorge Luiz Tadeu, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, autorizou compartilhamento de provas, provenientes da Operação Sodoma, com a Receita Federal. O caso envolve nome conhecidos como o ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa e ex-secretários de Estado.

A Superintendência Regional da Receita Federal requereu o compartilhamento de provas produzidas e seus desdobramentos para fins de instrução dos trabalhos realizados pela Equipe Regional de Fiscalização de Combate à Fraude da 1ª Região Fiscal.

A Operação Sodoma investigou esquema de corrupção liderado por Silval com o objetivo de levantar fundos por meio de cobrança de propinas. Os recursos eram utilizados, segundo o Ministério Público, para enriquecimento ilícito e financiamento de campanhas. Além do ex-governador, outros nomes citados pelo MPE são os ex-secretários de Estado, Pedro Jamil Nadaf, Marcel Souza de Cursi e Francisco Anis Faiad.

Ao autorizar o compartilhamento das provas, Jorge Tadeu pediu sigilo. “Autorizo o compartilhamento das provas produzidas no interesse da Operação Sodoma e seus desdobramentos, em relação as ações penais de competência deste magistrado”.

“Determino que seja mantido sigilo sobre tais informações, às quais somente poderão ter acesso os Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, aos quais se impõem a responsabilidade legal (civil e criminal) sobre eventual divulgação de tais informações”, finalizou o magistrado em sua decisão.

O posicionamento do magistrado foi estabelecido no dia 26 de abril

 

Fonte: https://www.olharjuridico.com.br

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment

Powered by WP Bannerize