image

Há um mês, Aline da Cruz Campos, de 29 anos, está desaparecida após viajar a trabalho para Jangada (75 km da Capital). O pai de Aline mora em Jangada e trabalha no lixão do município. Ela saiu de Nossa Senhora do Livramento (a 38km de Cuiabá), junto com seu marido e quatro filhos para para tentar uma vaga.

Dois meses depois, sua família deixou a cidade. Sem condições de comprar a passagem de volta, ela teria ficado para conseguir mais dinheiro e nunca mais foi vista.

O casal foi para Jangada para tentar um emprego em um lixão, mas com as dificuldades financeiras, optaram por voltar para Livramento. Seu marido foi na frente e seus filhos foram para a casa da avó, em Várzea Grande.

Por não ter dinheiro para sua passagem, Aline teve que ficar um pouco mais, já que seu marido vislumbrava uma oportunidade de emprego em Livramento. A família dela nunca mais teve informações depois da despedida.

Até o momento não retornou as ligações da família.

 

 

Fonte: https://www.obomdanoticia.com.br/policia/mulher-esta-desaparecida-ha-um-mes-apos-viajar-para-trabalhar-em-lixao/104965