Em uma nota emitida pelo Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (SINDUSFARMA) nesta terça-feira (30/03), informou que as principais empresas que produzem as vacinas de imunização contra a COVID-19 estão negociando apenas com o Governo Federal.

 

O Ministério da Saúde reforçou que municípios e Estados brasileiros têm autonomia para negociar e comprar vacinas contra a Covid-19. No entanto, frisou que todos os imunizantes devem ser entregues para a pasta, que fará a divisão igualitária para todo o território nacional.

 

 Veja a nota na íntegra da SINDUSFARMA:

 

Com o objetivo de reafirmar os critérios de fornecimento das vacinas contra a Covid-19 por parte das indústrias farmacêuticas fabricantes associadas, e tendo em vista as notícias sobre iniciativas voltadas à compra dessas vacinas por empresas, grupos particulares, instituições privadas, secretarias municipais e estaduais de saúde, o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos – Sindusfarma esclarece:

 

1 – Seguindo critérios internacionais e de interesse coletivo, as empresas AstraZenecaButantanJanssen e Pfizer estão negociando, fornecendo e distribuindo suas vacinas contra a Covid-19 exclusivamente para governos federais e organismos públicos internacionais da área da Saúde. Desta forma, neste momento, nenhuma empresa ou pessoa física está autorizada a negociar em nome destas empresas fabricantes de vacinas contra a Covid-19 com nenhum ente público ou privado, seja direta ou indiretamente.

2 – No Brasil, durante este período de emergência sanitária, o foco das empresas é garantir a oferta de suas vacinas exclusivamente para a esfera federal, por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, que é uma referência mundial.

3 – Atualmente, as vacinas dos referidos fabricantes não estão à disposição do mercado privado, secretarias municipais e estaduais de saúde. Qualquer vacina dessas empresas, oferecidas no mercado, é de procedência ilegal.

Desde o início da pandemia, a Sindusfarma e empresas associadas têm trabalhado arduamente em diferentes iniciativas para ajudar a comunidade mundial, reafirmando seu papel no enfrentamento dessa grave crise de saúde pública, incluindo pesquisa, desenvolvimento e produção de vacinas contra a Covid-19.

 

 

Fonte: https://www.nobres.mt.gov.br/Noticias/Fornecedoras-e-distribuidoras-de-vacinas-estao-negociando-apenas-com-governo-federal/