Empres�ria e farmac�utica N�dia Mendes Vilela - baleada - Muvuca -Tangar� da Serra

Nádia Mendes Vilela escapou da tentativa de feminício

 

Boletim médico aponta que a empresária Nádia Mendes Vilela tem pressão controlada, não apresenta febre e conseguiu permanecer sentada por um tempo em uma poltrona. Documento é da manhã desta quinta (1). Ela está internada em Tangará da Serra (a 244 km de Cuiabá, no Hospital Santa Ângela.

Apesar da melhora, não existe a previsão de alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nádia foi vítima de uma tentativa de feminicídio na última segunda (28) por parte de seu ex-namorado, o jornalista José Marcondes Neto, o “Muvuca”. Em seguida, ele cometeu suicídio.

Conforme noticiou o RDnews, Nádia tem melhora gradativa em seu quadro de saúde. Ela passou por três procedimentos cirúrgicos bem sucedidos para retirar os três projéteis que ficaram pelo seu corpo e fixar fratura na mão esquerda, que foi estilhaçada.

Imagens do circuito interno de segurança da farmácia que Nádia tem no Centro de Tangará mostram o momento em que ela é atingida pelos disparos. Muvuca entra no local e vai direito até a ex. Eles conversam rapidamente e, em seguida, vão para uma sala reservada. Conversam mais alguns minutos, o jornalista saca a arma e dispara.

Nádia se desespera, tenta se defender e deixar o local de imediato, mas não consegue. Em seguida, ela é atingida por três tiros. Mesmo ferida, nas imagens das câmeras, que captaram a movimentação dentro e fora da farmácia, é possível ver a vítima se arrastando para fora do estabelecimento ferida. Nesse momento, ela é socorrida por uma funcionária do estabelecimento.

Após disparar contra Nádia, Muvuca atirou contra a própria a cabeça. Chegou a ser socorrido com vida, em estado grave e encaminhado para o Hospital Municipal de Tangará com uma grande lesão no cérebro. Depois, foi transferido para o Hospital das Clínicas, mas não resistiu e morreu durante um procedimento cirúrgico na noite desta segunda (29).

 

 

FONTE: https://www.rdnews.com.br/policia/empresaria-baleada-por-muvuca-nao-tem-febre-e-conseguiu-sentar-ate-em-poltrona/146536