Um soldado da Polícia Militar identificado como Roberto Rodrigues de Souza, foi agredido até ficar inconsciente e morrer na madrugada desta segunda-feira (26) em uma conveniência de bebidas na cidade de Várzea Grande após se envolver em uma confusão com dois casais. Os autores das agressões não foram detidos até o momento.

Segundo as informações da polícia, o policial estaria na companhia de amigos e pediu para que eles parassem na conveniência, pois queria ir ao banheiro. Quando o policial retornou do banheiro, acabou se desentendendo com um homem que estava acompanhado de uma mulher. Pelas imagens do circuito de segurança da conveniência, é possível ver o momento que Roberto tenta dar um soco na nuca do suspeito.

O homem acompanhado da mulher reage e um amigo do agressor se junta a ele e ambos começam a bater em Roberto com socos e chutes. O militar tenta se defender das agresões, mas sem sucesso. Após bater no militar, os amigos agressores fogem com suas respectivas companheiras.

Outras pessoas que estavam no local chegaram a socorrer o militar e levá-lo para o hospital, no entanto, Roberto já chegou sem vida. Foram realizadas buscas pelos suspeitos, mas até o momento eles não foram encontrados. A Polícia Civil tomou ciência das imagens e a equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Roberto atuava no Gap e chegou a receber em junho do ano passado, uma homenagem do comandante geral da Polícia Militar, por participar da apreensão de mais de 100 quilos de “supermaconha”, entre outros produtos, após descobrirem uma central de distribuição de drogas em Várzea Grande.

 

 

Fonte: http://www.dahoranoticias.com/noticias-cuiaba/politica/policial-militar-se-envolve-em-confusao-em-conveniencia-e-e-espancado-ate-a-morte-em-vg/