Apontados como executores do crime já estavam presos e receberam nova ordem de prisão

(por Robson Morais do Agora MT)

Imagem: soldado Suspeito de mandar matar soldado do Exército é preso em MT

Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (20), Norivaldo Cabalho Texeira, investigado pela morte do soldado do Exército Brasileiro, Thiago de Brito de Almeida, de 19 anos. O jovem foi morto no dia 22 de janeiro, na praça do Bairro Cohab Nova, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Segundo a polícia, o suspeito seria  líder de uma facção criminosa que atua em Mato Grosso e teria ordenado o crime contra outro homem, membro de uma facção rival.

Camisa de time

Testemunhas indicam que esse rival frequentava a praça, quase sempre com uma camisa de time. No dia 22 de janeiro, o soldado Thiago de Brito Almeida estava no local usando uma camiseta semelhante e acabou, por engano, sendo morto.

De acordo com a Polícia Civil, ocupantes de um carro de passeio preto passaram atirando contra a vítima. Na quadra de esportes da praça foram encontradas cápsulas de arma de fogo 9mm.

Outros crimes

Também foram cumpridos os mandados de prisão dos acusados de serem os executores do crime: Jailson Buck Rodrigues; Kassio Gomes de Oliveira; Adrian da Silva Cuiabano e José Luis da Silva.

Em 25 de janeiro, a polícia prendeu 12 suspeitos em flagrante por tráfico de drogas, sendo que contra três deles também foram cumpridos mandados de prisão expedidos pela Justiça relacionados ao caso do homicídio. Todos são investigados por crimes ocorridos no município, entre eles, o que vitimou o soldado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Suspeito de mandar matar soldado do Exército é preso em MT – Agora MT