(por Vithoria Sampaio da Gazeta)

Arquivo Pessoal

Arquivo Pessoal

O dono do Posto Júnior, Manoel Messias Lopes Filho de 56 anos, morreu nesta quarta-feira (25), horas depois de ser assaltado durante uma caminhada, no bairro Parque Sagrada Família, em Rondonópolis (a 212 km ao sul de Cuiabá). Ele foi agredido, bateu a cabeça no chão e teve uma fratura no crânio, o que causou a morte. Os bandidos não foram identificados.

Segundo informações, o empresário caminhava próximo ao shopping do município quando foi abordado por criminosos. Violentos, eles o agrediram durante a ação e a vítima acabou batendo a cabeça na calçada. Manoel não morreu na hora, ele se levantou foi para casa e só se queixou de dores horas depois, já de noite.

Com fortes e intensas dores, a esposa o levou para o Hospital Municipal, onde ele recebeu atendimento. Mas o quadro clínico foi agravado e ele não resistiu, morrendo em seguida.

A Polícia Civil esteve no local para apurar mais informações e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

Roubo 

Os suspeitos, que fugiram logo após cometerem o assalto, ainda não foram identificados. A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis está investigando o caso e conta com a ajuda de câmeras de segurança instaladas pela avenida para identificar os bandidos.

Dono do posto em Rondonópolis, uma das suas funcionárias usou as redes sociais para relembrar Manoel. ” Não sei descrever o quanto está doendo, o quanto vc foi importante em minha vida. Só tenho agradecer a Deus pela nossa amizade, pelo patrão maravilhoso que vc foi, um pai nos momentos mais difíceis que passei. Obrigada por tudo meu amigo, que Deus te dê um bom lugar. Te amarei eternamente”, lamentou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://www.gazetadigital.com.br/editorias/policia/agredido-durante-roubo-dono-de-posto-bate-cabea-na-calada-vai-embora-para-casa-e-morre/693340