Programa destinado aos produtores de mandioca agora terá assistência técnica da ATeG – Senar-MT

You are currently viewing Senar-MT capacitará produtores rurais de mandioca no mês de Junho

Produtores rurais da cadeia produtiva da mandioca agora terão a oportunidade de serem atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). Em princípio, o programa atenderá dois grupos, um no município de Juína e outro em São José do Rio Claro.

O programa está na fase de definição da logística das propriedades. Os atendimentos individuais estão previstos para iniciar no dia 06 de junho; sendo assim, na primeira fase serão feitos diagnósticos de cada propriedade.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de São José do Rio Claro, Aparecido Rodrigues; a assistência técnica traz grandes benefícios a cada produtor atendido. “Na minha concepção é um dos melhores programas do Senar-MT porque o técnico vai até a sua propriedade; pois conhece os seus problemas; vê o que está acontecendo e juntos pensam em uma solução”.

Olericultura e gado de corte no futuro

Essa é a terceira frente da ATeG no município que já conta com frentes em bovinocultura de corte e fruticultura. Segundo o supervisor da ATeG, Tulio Marçal; a previsão é ampliar o atendimento para olericultura e outra frente de gado de corte. “Também estamos com essa demanda. Ela está na fase de credenciamento de técnicos e vamos atender assim que a documentação estiver completa”, explica.

Em Juína, a mandiocultura é a quinta frente com maior demanda da ATeG; que já conta com bovinocultura de corte; bovinocultura de leite; bem como cafeicultura e olericultura. O município já solicitou demanda para apicultura e mais uma frente de bovinocultura de leite.

O presidente do Sindicato Rural de Juína, José Lino, acredita que o programa tenha uma boa metodologia. “Ouvimos vários comentários de produtores que estão adorando. Acho que acertaram na maneira em que o programa é conduzido, porque o técnico vai lidar diretamente com o produtor rural”.

Dias de Campo

Com 14 cadeias produtivas e mais de três mil propriedades atendidas, a ATeG realizará 100 Dias de Campo entre os meses de junho e julho. Os primeiros ocorrerão nos dias 09, 10 e 11 do próximo mês.

No primeiro dia, acontecerá o Dia de Campo simultâneo em São José dos Quatro Marcos, na bovinocultura de corte; enquanto que em Comodoro, na cadeia de piscicultura. Já no segundo dia, os eventos serão em Araputanga, em bovinocultura de corte, e Nova Lacerda em piscicultura. Por fim, no dia 11, será em São José dos Quatro Marcos, em olericultura.

 

 

Fonte: https://mtpost.com.br/senar-mt-produtores-mandioca-junho/