Luiz Alves

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, anunciou na terça-feira (31), que o vice-prefeito José Roberto Stopa retorna para o cargo de secretário municipal de Obras Públicas. De acordo com o chefe do Executivo, o ato de nomeação deve ser assinado e publicado na Gazeta Municipal.

O vice-prefeito deixou a titularidade da Secretaria de Obras Públicas no dia 1º de abril, em virtude do desenvolvimento de projetos particulares. Durante esse período, o interino Rauf Macedo foi o responsável por responder pela Pasta e, agora, retorna ao cargo de adjunto de Planejamento e Projetos.

“Stopa é meu parceiro, braço irmão e um grande vice-prefeito e secretário. Nesta terça-feira vou assinar o ato já para ser publicado. Ele volta para a Secretaria de Obras e o interino Rauf Macedo volta como adjunto. Dessa forma, seguimos fortes com nosso trabalho e transformando Cuiabá”, disse Emanuel durante live transmitida em suas redes sociais.

Segundo Stopa, a missão neste retorno é continuar garantindo que as grandes obras de mobilidade urbana que estão em andamento pela cidade continuem a todo vapor. Ele enfatiza ainda que também serão intensificados os trabalhos internos para que novos projetos sejam colocados em prática.

Neste momento, além de várias obras de pavimentação, a Secretaria também atua na construção da Avenida Contorno Leste, ampliação do Mercado do Porto, requalificação da Orla do Porto II e do Parque de Exposições Sen. Jonas Pinheiro. Também está previsto o investimento de mais de R$90 milhões em obras na Avenida Miguel Sutil.

“Temos a duplicação da Dante Martins de Oliveira para entregar, novas pontes de concreto na zona rural, asfalto em diversos bairros, trincheira e viadutos na Miguel Sutil e ainda uma série de intervenções que vão melhorar a mobilidade urbana. Nosso parceiro Rauf manteve a Secretaria em ritmo acelerado e vamos continuar seguindo dessa forma”, pontua Stopa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://matogrossomais.com.br/2022/06/01/stopa-retorna-ao-cargo-de-secretario-de-obras-publicas-ato-sera-assinado-nesta-quarta-feira-1/