Convocação é para homens nascidos em 2004.

alistamento militar.jpg

Agência Brasil

Jovens de 18 anos têm até o final deste mês para realizar o Alistamento Militar Obrigatório do Exército, Marinha ou Aeronáutica. O alistamento pode ser feito pela internet ou presencialmente até 30 de junho.  Após este período, será cobrado uma multa.  A convocação é para os  jovens do sexo masculino que completaram ou irão completar 18 anos, em 2022 (nascidos em 2004).

O alistamento deve ser feito na Junta de Serviço Militar (JSM), que no caso de Cuiabá está funcionando na sede da Defesa Civil Municipal, na Rua Carlos Gomes, n° 168, bairro Araés. Para o ato, é preciso comparecer à Junta de Serviço Militar munido de CPF, RG original e comprovante de endereço, ou pelo site, neste link. Mães que tenham filhos especiais, também devem levar seus filhos para o alistamento.

“Esta é a última semana para o alistamento sem multa. A partir de 1º de julho será cobrado uma multa. Os jovens que não se alistaram nos anos anteriores também poderão se alistar, porém, sob o pagamento de uma multa”, explicou a secretária-geral da Junta de Serviço Militar, Elaine Leão Neves.

Obrigatoriedade

No Brasil o alistamento militar é obrigatório, e quem não se alistar pode ter uma série de problemas, como a proibição de:

Ingressar como funcionário, empregado ou associado em instituição, empresa ou associação oficial, oficializada ou subvencionada; Assinar contrato com o governo federal, estadual, dos territórios ou municípios; Prestar exame ou fazer matricula em qualquer estabelecimento de ensino; Obter carteira profissional, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para o exercício de qualquer função e licença de indústria e profissão; Fazer inscrição em concurso para provimento de cargo público; Exercer, a qualquer título, sem distinção de categoria ou forma de pagamento, qualquer função pública ou cargo público, eletivos ou de nomeação; Receber qualquer prêmio ou favor do governo federal, estadual, dos territórios ou municípios.

Nome social

A legislação prevê ainda a possibilidade de o jovem se alistar com o nome social. Nesse caso, o jovem deve se dirigir à junta militar com certidão de nascimento ou equivalente, comprovante de residência, documento oficial com foto, como: carteira de identidade, de trabalho, profissional ou passaporte e requerimento para uso de nome social.

Para quem mora no exterior, é necessário ir até a repartição consular com certidão de nascimento, comprovante de residência e documento oficial com foto. A requisição do Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) deve ser requisitada a partir de setembro na Junta Militar.

A documentação ficará a cargo do secretário instituído informar para cada situação. O prazo de confecção e entrega do CDI é um mês após a requisição do mesmo e será entregue pelo secretário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://www.pnbonline.com.br/geral/jovens-ta-m-ata-esta-quinta-para-realizar-alistamento-militar/85485