“Pena que nosso país não tem punição ao nível do que esse rapaz merece”, lamentou deputado sobre caso do médico que estuprou grávida

(por Lucione Nazareth/VGN)

image

Reprodução do Instagram

O deputado federal, Luiz Antônio Teixeira Júnior (PP-RJ), revelou nesta quarta-feira (13.07) que irá protocolar ainda hoje no Conselho Federal de Medicina (CFM), pedido de cassação do registro do médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra, preso por estuprar uma grávida durante a cirurgia de cesariana, no Rio de Janeiro.

Durante reunião da Comissão de Seguridade Social da Família da Câmara dos Deputados, na manhã de hoje, Luiz Antônio Teixeira declarou que o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro já suspendeu Giovanni Quintella, mas que pedirá n CFM a cassação definitiva do registro profissional do médico.

O deputado ainda lamentou a legislação brasileira não possuir “punição ao nível” [sem citar qual seria] que o anestesista merecesse por cometer o estupro da paciente.

“Neste caso trata-se de uma psicopata, e tem que ser excluído do convívio da sociedade. Pena que nosso país não tem punição ao nível do que esse rapaz merece. Mas, o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro já suspendeu ele dos direitos do exercício profissional, eu inclusive já protocolei o pedido de cassação do registro dele neste Conselho. Hoje irei protocolar no Conselho Federal de Medicina um pedido de rito sumário para cassação do registro profissional deste psicopata”, declarou o parlamentar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://www.vgnoticias.com.br/politica/deputado-chama-de-psicopata-medico-que-estuprou-gravida-e-pede-cassacao-do-registro-profissional/90558