A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Querência e Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), recuperou R$ 170 mil subtraídos de uma vítima do golpe do falso intermediador de vendas, durante a compra de cabeças de gado.

As investigações iniciaram na noite de quarta-feira (20) quando a vítima procurou a Delegacia de Querência relatando que havia caído em um golpe de estelionato durante negociações que iniciaram por meio de um aplicativo especializado em compra e venda de gado.

A vítima efetuou a compra de cerca de 100 garrotes que estavam em uma fazenda na região do PA Coutinho União, porém somente após verificar que o valor não havia caído na conta do vendedor, descobriu que havia sofrido um golpe.

Assim que a equipe da Delegacia de Querência tomou conhecimento do fato, foi feito contato com a Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos, que, com apoio do setor antifraude da agência bancária, conseguiu o bloqueio de R$ 170 mil, subtraídos da vítima.

O delegado de Querência, Danilo Rodrigues, alerta sobre o chamado “golpe do falso intermediário” que vem trazendo grandes prejuízos na região e em todo o Estado.

“As investigações continuam no sentido de identificação e prisão dos estelionatários”, disse o delegado.

 

Fonte: https://nmt.com.br/2022/07/21/fazendeiro-sofre-golpe-de-r-170-mil-ao-comprar-gado-pjc-recupera-dinheiro/