image

 

Em conversa com jornalistas, nesta quarta-feira(03), nos corredores da Assembleia Legislativa, o deputado estadual, Eduardo Botelho(União) e presidente da Casa de Leis, assegurou que não se posicionará quanto a possíveis adversários na disputa ao Governo do Estado e que seguirá decisão de seu partido quanto apoio ao Senado, se a um ou palanque aberto.

Ao admitir, porém, que estaria uma confusão, com informações desencontradas nos veículos de comunicação, quanto a palanque aberto ou fechado. Mas que isto será definido nas convenções da legenda, nesta sexta-feira(05), ainda que na sua opinião, esta é uma decisão que já deveria ter sido tomada.

Asseverando ainda que que se o União Brasi coligar com o PL, do senador Wellington Fagundes, ‘não tem sentido ter outros candidatos ao Senado no palanque do governador’.

“Está uma confusão esta história de palanque aberto ou fechado, vamos definir tudo até sexta-feira. Chegou a hora de definir, aliás, já era para ter definido. Eu não sou a favor de ficar levando isso. Nunca fui a favor disso, defendo que se defina”.

E ao ser questionado sobre uma possível candidatura ao governo, que deverá ser lançada pela Federação Brasil da Esperança[PT, PV e PcdoB], Botelho chegou a brincar que ‘nem saberia, de fato, se a federação teria um candidato’. Pontuando que gosta, porém, desta possibilidade, porque este debate seria bom para a democracia.

“É melhor ter um candidato para debater do que ficar falando sozinho. Mas não quero fazer comentários sobre candidaturas do outro lado”.

 

 

 

Fonte: https://www.obomdanoticia.com.br/politica/botelho-evita-falar-em-adversarios-ao-governo-e-garante-que-seguira-decisao-do-ub-sobre-senado/180775