Último furto aconteceu na madrugada desta segunda-feira (27); Polícia Civil irá investigar o crime

Cansado de ser vítima de bandidos, o empresário Otávio Veiga, de 49 anos, dono da loja “Pindorama Máquinas e Ferramentas”, localizada na Avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá, resolveu tomar uma atitude drástica após a loja ser assaltada novamente na madrugada desta segunda-feira (27).

Como forma de protesto, o empresário colocou uma faixa enorme na entrada da empresa com os dizeres “Atenção: O Grupo Pindorama comunica a toda sociedade cuiabana que estará fechado nos dias 27 e 28 por motivo de falta de segurança, e por diversos roubos acontecidos em nossas empresas”.

Segundo Otávio, com este furto, é a oitava vez que a empresa é alvo de criminosos e o prejuízo somente deste roubo está estimado em R$ 50 mil.

“Como está havendo muito assalto aqui nessa região da Carmindo de Campos, Campo Velho e Jardim Paulista, resolvemos fechar a loja por dois dias, numa forma de protesto para ver se melhora a segurança, ou ver o que pode ser feito”, disse.

De acordo com as imagens do circuito de monitoramento da empresa, pelo menos três indivíduos arrancaram o telhado e invadiram o local.

O sistema de segurança não estava funcionando, por isso o alarme não disparou.

“Esse furto aconteceu por volta das 2h hoje. Pelas câmeras dá para enxergar pelo menos três bandidos lá dentro, cada hora um passa com uma caixa no vídeo. Levaram onze motosserras, caixa de gasolina, furadeiras elétricas, lixadeira, entre outros”, contou.

Otávio diz que está cansado de nada ser feito pelas autoridades competentes e de nunca conseguir recuperar seus produtos roubados.

“Nunca conseguimos reaver nada do que foi roubado. Já teve reunião, mas nunca nada é feito, disseram que iam colocar câmeras, aumentar a segurança, mas por enquanto estamos a ‘ver navios’”.

Até o momento ninguém foi preso pelo crime.

A Polícia Civil irá investigar o caso.

 

Fonte: http://www.midianews.com.br/