edna e Michely

Os eleitores cuiabanos optaram por mudanças na configuração da Câmara Municipal. Foram duas mulheres eleitas e renovação de 14 das 25 vagas. Contudo, o mais votado foi o vereador reeleito Diego Guimarães (Cidadania) com 4.179 votos. Já o presidente da Câmara Misael Galvão (PTB) não se reelegeu.

Na última eleição, nenhuma mulher conseguiu votos suficientes ficando na suplência Lueci Ramos (PSDB) e Luciana Zamproni (PMB) que assumiram por curtos períodos ao longo 4 anos. Assumem duas vagas na Câmara em 2021, pela segunda vez, Edna Sampaio (PT) e Michelly Alencar (DEM), única do partido do governador. Antes delas somente em 2001 foram eleitas duas mulheres: Enelinda Scala e Verinha Araújo, ambas eleitas pelo PT. O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro só elegeu um vereador.

Ficaram de fora da próxima legislatura vereadores que tiveram votação de peso no último pleito, como Toninho de Souza (PSDB) que foi o mais votado em 2016 com 5.620 votos e não conseguiu se reeleger.

Os reeleitos, além de Diego Guimarães, foram Marcrean Santos (PP), o segundo mais votado com 3.729 votos, Adevair Cabral (PTB), com 3.622 votos, Dilemário Alencar (Pode) com 3.052 votos, Renivaldo Nascimento (PSDB) com 2.606, Mario Nadaf (2.434), Sargento Joelson (SD) com 2.199 votos, Juca do Guaraná (MDB) com 2.021, Wilson Kero Kero (Pode) com 1.794, Lilo Pinheiro (PDT) com 1.757 e Chico 2000 (PL) com 1.281.

Foram eleitos Demilson Nogueira (PP) com 3.270 votos, Marcos Brito Jr (PTB) com 3.194 votos, Eduardo Magalhães (Republicanos) com 2.996 votos, Edna Sampaio (PT) com 2.902, Michelly Alencar (DEM) com 2.841, Didimo Vovô (PSB) com 2.122, Dr. Luiz Fernando (Republicanos) com 2.060, Pastor Jeferson  (PSD) com 2.045, Tenente Coronel Pacolla (CD) com 2.009, Rodrigo Arruda e Sá (CD) com 2 mil, Paulo Figueiredo (PV) com 1.884, Cézinha (PSL) com 1.648, Kassio Coelho (Patri) com 1.488, Sargento Vidal (Pros) com 1.424.

Não tentaram a reeleição Marcelo Bussiki (DEM), que disputou como vice na chapa de Roberto França (Patri), e Abílio Júnior (Pode), candidato a prefeito, e Felipe Wellaton (CD) a vice. Eles estão no segundo turno na capital contra o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Confira lista:

Vereadores eleitos em Cuiab�

 

 

 

 

Fonte: https://www.rdnews.com.br/eleicoes-2020/camara-volta-a-ter-2-mulheres-eleitas-e-presidente-nao-consegue-se-reeleger/136487