Documento organiza etapa de ensino nas redes pública e privada para guiar aptidão de alunos

O Conselho Estadual de Educação (CEE) aprovou o Documento de Referência Curricular para Mato Grosso para o Novo Ensino Médio, válido para toda a rede pública e privada.

A presidente do conselho, Adriana Tomasoni, entregou o Parecer ao secretário de Educação Alan Porto e à secretária de Gestão Educacional, Irene Costa. Ela explicou a importância da decisão aprovada na sexta-feira (18.12), em reunião presencial dela e do secretário de modo virtual com os conselheiros.

“O Ensino Médio passa a ter outra formatação. Por exemplo, agora o aluno vai ter o direito de escolher seu itinerário formativo, podendo desenvolver melhor suas habilidades. Na prática, ele vai poder optar por outras disciplinas. Se tiver aptidão para Exatas, vai focar em Ciências Exatas”, explica.

O secretário Alan Porto agradeceu o empenho de todos na construção coletiva e aperfeiçoamento da política educacional. “Quero agradecer a importância desse trabalho de todos na Seduc e do Conselho na elaboração do documento. É mais uma ação de todos nós para a melhoria da Educação de Mato Grosso”, afirmou.

Tomasoni informa que a medida é uma reorganização total do currículo do Estado para o Ensino Médio.

“Esse documento é elaborado pela Seduc, mas ele é para todo o Sistema Estadual de Ensino. Ou seja, para o ensino público e a rede privada que ofertam o Ensino Médio. Por isso, o conselho precisa validar”, diz.

A aprovação pelo conselho é uma adequação pelos Estados após aprovada a Base Nacional Curricular Comum (BNCC). O Estado passa a dispor do documento como um dos primeiros do Brasil. A elaboração foi feita por equipe de técnicos da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), com posterior adequações e parecer.

 

 

 

Fonte:http://www.mt.gov.br/web/seduc/-/16128597-conselho-estadual-de-educacao-aprova-documento-de-referencia-curricular-para-mato-grosso-entenda