O deputado estadual Dr Gimenez (PV) precisou passar por um cateterismo neste fim de semana, em um hospital de Cuiabá. O parlamentar terá de ficar em repouso por 10 dias para se recuperar do procedimento, período em que não comparecerá às sessões.

O Gimenez informou que o procedimento foi realizado na manhã de sábado, no Hospital Geral, na Capital. O procedimento dói realizado pelos médicos Arruda e Carlos Augusto Caterretoni.

“Estou passando para tranquilizá-los sobre o meu estado de saúde. Eu me submeti a um cateterismo cardíaco e, posteriormente, a uma angioplastia para a introdução de dois stents”, afirmou o deputado, por meio das redes sociais.

“Fui transferido para a UTI, como procedimento normal, para observação por 24 horas. Ainda na manhã deste domingo (30) fui transferido para o apartamento, com expectativa de ter alta e ir para casa à noite”, completou.

O deputado ainda aproveitou para agradecer as mensagens de carinho que recebeu desde sábado. Como o afastamento é por somente 10 dias, é provável que ele não se licencie do parlamento para abrir vaga ao suplente.

“Eu prometo manter a todos informados. Mas para a melhor recuperação, terei de fazer repouso nos próximos 10 dias”, prometeu. “Tenham um excelente fim de semana! E que Deus nos abençoe”, finalizou.

Neste domingo, Dr. Gimenez (PV) recebeu a visita do colega, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB). “Fico muito feliz em receber o carinho dos amigos da Assembleia, o Wilson fez questão de acompanhar tudo”, afirmou, segundo a assessoria de imprensa.

Dr. Gimenez deve ir ainda hoje para casa. A recomendação médica é de 10 dias sem qualquer tipo de abalo físico e emocional. “Nesse período precisarei estar ausente das suas atividades na Assembleia Legislativa, mas com a certeza de voltar firme e forte nas próximas semanas”, declarou o deputado.

Dr. Gimenez tem 67 anos, é médico com mais de 40 anos de profissão, voltado ao atendimento de crianças. Este é seu primeiro mandato como deputado estadual, representando o município de São José dos Quatro Marcos (300 km de Cuiabá), região Oeste de Mato Grosso. Ele foi eleito com 12.058 votos nas eleições de 2018.

 

Fonte: https://www.olhardireto.com.br