Ele disse que no furto teve ajuda de um jovem de 19 anos e que os crimes eram cometidos a mando de um homem de 43 anos

 

(Por Karina Cabral, do O livre)

Um adolescente foi apreendido nessa quinta-feira (25) acusado de furtar um bar, tentar roubar o auxílio emergencial de um homem de 51 anos e quase matá-lo e estuprar a esposa da vítima, de 43 anos. Ele afirmou que no furto teve ajuda de um jovem de 19 anos e que tudo foi feito a mando de um homem de 43.

Após o crime, ele deixou as vítimas no chão, sendo a do roubo desmaiada, e fugiu. A mulher só conseguiu ir até a polícia por volta das 9 horas.

Confissão

Os policiais foram até a casa do adolescente e a mãe dele confirmou que ele estava no local.

Ele foi encontrado na companhia de um homem de 43 anos e confessou ter furtado o bar na companhia de um terceiro suspeito, de 19 anos – que foi preso quando a polícia estava a caminho da delegacia – a mando do homem mais velho.

Ele disse, ainda, que o mais velho que indicava para os mais novos os locais onde cometer roubos e furtos. No entanto, o rapaz negou o estupro, dizendo não se lembrar dessa parte, apenas do furto e do roubo.

Ele disse também onde havia jogado a gaveta do bar – em um rio, onde foi encontrada a gaveta e dois perfumes – e onde havia entregado os outros produtos roubados, em uma boca de fumo.

Todos foram encaminhados para a delegacia. Os outros perfumes furtados não foram recuperados, pois, segundo o adolescente detido, já haviam sido levados por uma quarta pessoa para Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

As vítimas precisaram ser hospitalizadas devido às agressões e ao estupro. O caso foi registrado como estupro, furto, corrupção de menores e tentativa de roubo seguido de morte.

 

 

 

FONTE: https://olivre.com.br/durante-madrugada-adolescente-furta-bar-tenta-roubar-auxilio-emergencial-e-estupra-mulher