roberto franca 680

OComunicador Roberto França, em cumprimento a legislação eleitoral de forma preventiva, deixou o comando do Resumo do Dia, exibido pela TBO, nessa terça (30). Com isso, fica apto para buscar a viabilização da sua pré-candidatura a prefeito.

França, que já foi deputado estadual, federal e prefeito da Capital (por dois mandatos), se mostra animado a voltar para a vida pública. Por isso, se filiou ao Patriota com aval do ex-deputado federal Victório Galli e espera disputar o terceiro mandato de chefe do Executivo cuiabano, com apoio do presidente da República Jair Bolsonaro.

Os vereadores Toninho de Souza e Clebinho Borges, ambos do PSD, que atuam com apresentadores de TV, também saíram preventivamente do ar. Ao que tudo indica, ambos são candidatos à reeleição.

Toninho está na TV Cidade Verde, enquanto Clebinho atua na TV Mato Grosso, que teve outros dois desfalques. Um é o ex-vereador Onofre Júnior, que deve buscar novo mandato pelo PV. O outro é o repórter Caio Cordeiro (Podemos), suplente em Várzea Grande, que buscará se efetivar na cadeira. Evangélico, ele também apresenta programa na Rádio Nazareno.

Rádio

A única rádio de Cuiabá com desincompatibilizações preventivas foi a Mega FM. Saíram o apresentador Fernando Cachorrão e os correspondentes Ilário Tavares e Ronaldo Couto, de Confresa e do Vale do Araguaia, respectivamente.

Ausências

Alguns nomes, sempre especulados como possíveis candidatos, preferiram permanecer no ar ao invés de cumprir a legislação eleitoral de forma preventiva. A lista dos ausentes inclui o ex-senador Antero Paes de Barros, da Rádio Capital; Lino Rossi, da Rádio Mega FM; o ex-vereador Everton Pop e Agnelo Corbelino, do SBT; e Arthur Garcia, da TV Cidade Verde.

Novo prazo

A Câmara acaba de aprovar em 1º turno o adiamento das eleições para 15 e 29 de novembro por conta da pandemia da Covid-19. A votação dos destaques e em 2º turno deve acontecer ainda nesta quarta (1º). Com a mudança no calendário, a partir de 11 de agosto, as emissoras ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena de cancelamento do registro do beneficiário. Por isso, a desincompatibilizações feitas ontem foram preventivas.

 

 

Fonte: https://www.rdnews.com.br/eleicoes-2020/franca-e-2-vereadores-deixam-programas-para-viabilizar-candidaturas-em-cuiaba/130283