Um homem identificado como Alexandre Luiz Alves, de 42 anos, foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira (2), dentro do escritório de uma empresa de hortifrutigranjeiros, em Juína (735 km de Cuiabá).

O empresário A.V. confessou, informalmente, que é o autor dos disparos.

Segundo a Polícia Civil, A.V. afirma que atirou em Alexandre em legítima defesa.

A vítima teria ido ao escritório do empresário e, em determinado momento, eles se desentenderam e começaram uma discussão. Em seguida, houve um disparo de arma de fogo.

Foi o próprio empresário quem acionou a polícia por telefone e afirmou que tinha intenção de se entregar. No entanto, ele ainda não se apresentou na delegacia.

Conforme apurado pela polícia, a mulher da vítima já havia trabalhado para o empresário.

A arma do crime não foi encontrada pelos peritos.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que não descarta a possibilidade de execução.

 

Fonte: www.midianews.com.br