Em um vídeo divulgado no Facebook, os irmãos Disney, Disneylândia e Raimidney contam um pouco da história da família

(por Karina Cabral, O livre)

No dia 05 de abril de 1976 nascia o primeiro dos seis filhos do casal Raimundo e Doralice de Paula, no interior do Maranhão, em uma cidade chamada Bom Jardim. Poderia essa ser uma história de batalha, migração e superação, mas a paixão do radialista Raimundo pela Disney transformou a vida da família em uma homenagem à terra do Mickey.

Raimundo era fã do produtor cinematográfico Walter Elias Disney, mais conhecido como Walt Disney, e lia todos os gibis lançados pelo co-criador do universo mágico da Disney. Quando seu primeiro filho nasceu, ele logo avisou a esposa, Doralice, que queria dar ao menino o nome de Disney.

“Inicialmente ela relutou, não queria, mas acabou aceitando. Aí vieram os outros filhos e ele foi continuando com essa ideia de ney, ney… Raimidney, Disley, Disneylândia, Sidney e Sirney”, conta o jornalista Disney de Paula, 43 anos.

Os nomes excêntricos fizeram com que as crianças sofressem bullying na escola desde pequenos, em especial o filho mais velho, Disney, a única mulher, Disneylândia, além de Raimidney. Mas, segundo Disney de Paula, depois que cresceram, (hoje Disney tem 43, Raimidney 42, Disley 41, Disneylândia 40, Sidney 39 e Sirney 37 anos), nenhum deles pensou em trocar de nome.

“Quando a gente era criança não tinha como trocar, essa possibilidade é recente. Mas agora que está todo mundo adulto ninguém saber de trocar, nem Disneylândia, que tem o nome mais estranho de todos”, afirmou Disney.

Em um vídeo divulgado no Facebook de Disney de Paula – em que ele, Disneylândia e Raimidney contam um pouco da história da família -, a única filha mulher até diz que, se tivesse um filho daria a ele o nome de “Mickey” e, sendo menina, “Minnie”.

A família veio para Mato Grosso em 1989, mais especificamente para a cidade de Peixoto de Azevedo (675 km de Cuiabá). Disney se formou em jornalismo em Sinop (500 km de Cuiabá) e hoje mora na Capital; Disneylândia mora em Santa Carmem (505 km de Cuiabá), e Sidney em Peixoto de Azevedo (675 km da Capital).

Dona Doralice voltou para o Maranhão e hoje mora em São Luís. Seu Raimundo faleceu há 12 anos, com 51 anos, sem nem imaginar que os filhos, um dia, além de lhe darem o orgulho de dois seguirem sua carreira na comunicação, ainda fariam uma campanha para tentar conhecer a Disney graças aos nomes que ele fez questão de escolher.

O vídeo em questão, segundo Disney de Paula, nasceu de uma brincadeira, visto que as pessoas sempre estranhavam ao ouvir os nomes dos irmãos. Porém, o sucesso foi tão grande – hoje o vídeo já foi visto mais de 13 mil vezes – que conhecidos e amigos começaram a apoiar a ideia de levar a família Disney para a terra do Mickey.

“Estamos pensando em traduzir ele [o vídeo] e mandar para eles”, disse Disney, se referindo ao Walt Disney World.

A ideia é que com o vídeo chegando à Disney, o sonho da família, que está usando a hashtag #FamíliaDisneyNaDisney, seja realizado. Disney de Paula já deu a deixa: “Eu vou chegar lá e vou falar assim: ‘e sou o dono desse negócio aqui e a minha irmã [Disneylândia] está aqui para comprovar”, finaliza, causando risos nos irmãos. Veja:

 

 

 

Fonte: https://olivre.com.br