Os irmãos saíram correndo, mas Pedro se escondeu e acabou não tendo tempo de fugir das chamas

Um menino de apenas três anos, identificado como Pedro Paulino de Oliveira, morreu carbonizado na segunda-feira (2). Ao brincar com um isqueiro, ele acabou incendiando a casa em que morava.

O caso ocorreu na zona rural, a 13 km do Distrito de Conselvã, na Linha Amazonas, próximo a Aripuanã (700 km de Cuiabá).

Conforme informações da Polícia Judiciária Civil, no momento do incêndio estavam na casa três irmãos de nove, quatro e três anos.

Pedro, o mais novo, pegou um isqueiro e colocou fogo em um colchão. Suas irmãs correram para fora da casa chamando a mãe. Ele, no entanto, se escondeu embaixo da cama de um dos quartos.

O fogo se alastrou rapidamente. A mãe, o avô e amigos tentaram apagar as chamas, mas não conseguiram a tempo de localizar Pedro. Como a casa era de madeira, foi tomada pelo incêndio.

O corpo de Pedro só foi encontrado quando a casa já estava parcialmente destruída e o menino já estava carbonizado.

A Polícia Militar foi acionada e, em seguida, a Polícia Judiciária Civil, que já encontrou o local isolado e o corpo da criança ao lado.

O caso foi registrado como morte acidental.

 

 

Fonte: https://olivre.com.br/