O Ministério Público de Sorriso está inspecionando qualidade da água e tratamento de esgoto da cidade. Em alguns pontos foi constatado que a pressão da água estava medindo apenas 1 MCS (Unidade de Medida de Pressão), quando o mínimo exigido é 10. Também foi verificado possíveis danificações em encanações provocando vazamento e causando forte odor na região dos lagos. Com isso os dejetos não estavam recebendo o tratamento necessário. Amostras passaram por exames laboratoriais para saber se a concessionária está prestando o serviço com eficácia.

O promotor Márcio Florestan apontou que, “devido ao forte cheio do córrego Gonçalves temos dúvidas se esse esgoto está sendo tratado de forma adequada. Verificamos que na estação do Pinheiros 3, há alguns canos em cima da estação que estão aparentemente quebrados, sem ligação com os equipamentos. Queremos apurar se isso é um defeito e se estaria prejudicando o tratamento da água”.

O promotor destacou ainda que está em “andamento na terceira promotoria de inquérito para verificar se o serviço público de saneamento básico está ou não sendo prestado de forma eficiente em favor dos consumidores locais. Então, no exercício da fiscalização estamos verificando a qualidade da água, a pressão e qualidade do esgoto tratado. Estamos visitando as estações de tratamento. Também queremos apurar um vazamento de esgoto no bairro Santa Maria e todas as questões do serviço de tratamento. Estivemos em vários bairros acompanhados do engenheiro sanitarista do ministério e medimos a pressão em vários locais”.

 

 

 

fonte: https://www.sonoticias.com.br/politica/ministerio-publico-de-sorriso-apura-prestacao-de-servico-de-concessionaria-de-agua/