Um taxista foi detido acusado de roubar o celular de um motorista do aplicativo Uber, na madrugada desta sexta-feira (6), em frente ao Shopping Três Amércias, no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá.

De acordo com relatos do motorista do Uber, ao passar pelo local buscando por passageiro, o taxista se aproximou, entrou no carro e roubou o celular da vítima que estava fixado no para-brisa do carro.

Em seguida, o taxista foi em direção a outros 10 taxistas e chamou o motorista do Uber para briga. A vítima acionou a Polícia e comunicou o fato aos motoristas que estavam ativos no aplicativo.

O motorista do Uber e o taxista foram encaminhados para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc), do bairro Planalto para procedimentos.

Após o roubo todos os motoristas do Uber foram acionados e fizeram uma grande movimentação na Central de Flagrantes.

O taxista prestou depoimento, devolveu o celular e foi liberado. O nome dele, no entanto, não foi divulgado pela Polícia.

Em meio a muita polêmica principalmente entre a categoria dos taxistas, em Cuiabá, o sistema de transporte pela plataforma Uber chegou em Cuiabá no último dia 25 de novembro.

O aplicativo passou a ser um forte concorrente pois os valores são considerados baixos se comparados aos cobrados pelos taxistas, que agregam às corridas o pagamento de impostos.

No Uber, os preços a serem cobrados são de R$ 1,15 pelo quilômetro rodado, mais o valor solicitado ao acionar os motoristas, cuja taxa é de R$ 2,5. Já o preço do minuto do carro parado é de R$ 0,15, enquanto que o preço mínimo de uma viagem será de R$ 5.

Fonte: www.24horasnews.com.br