Dessa vez, porém, o homem foi preso; na primeira vez, a mulher se negou a dar informações sobre ele para a polícia

Imagem ilustrativa

Um homem de 28 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (29) por agredir a companheira, de 33 anos, com mordidas. Essa, porém, não é a primeira vez que ele faz isso, visto que em novembro chegou a arrancar um pedaço da orelha esquerda dela.

O caso aconteceu em um condomínio do Bairro Jardim dos Ipês, em Cuiabá, por volta das 3h40 da madrugada.

A Polícia Militar foi acionada e, quando chegou ao local, encontrou o suspeito tentando fugir com uma mala de roupas.

A vítima, então, contou que no dia 18 de novembro tinha sido agredida e mutilada pelo suspeito, quando ele arrancou um pedaço da orelha esquerda dela.

Na época, porém, o suspeito fugiu e ela se recusou a dar informações sobre ele à polícia. Ela precisou passar por cirurgias por causa da lesão.

Assim que recuperada, no entanto, ela reatou o relacionamento com o suspeito e, nesta terça-feira (29), os dois voltaram a se desentender por ciúmes e ele a agrediu novamente com mordidas.

Dessa vez ele a deixou com lesões nos ombros, na boca e no pescoço. Com medo, ela pegou uma faca para se defender. Mas, ainda assim, ele foi para cima dela.

A mulher, então, golpeou o companheiro, acertando superficialmente o braço dele, o que foi suficiente para ele parar de agredi-la.

Depois disso, ele tentou fugir, momento que a Polícia Militar chegou e o prendeu. Ele foi encaminhado para a Policlínica do Planalto e, depois que recebeu alta, foi encaminhado para o Plantão da Delegacia de Defesa da Mulher.

 

 

Fonte: https://olivre.com.br/mulher-que-teve-parte-da-orelha-arrancada-volta-com-companheiro-e-e-agredida-de-novo