(Por Paulo Lemos, mtdefato)

Operação integrada entre a Polícia Ambiental e a Marinha do Brasil, terminou com a prisão de nove garimpeiros, que estavam trabalhando de forma ilegal nas margens do Rio Peixoto, na cidade de Peixoto de Azevedo (673,4 km de distância de Cuiabá).

O Ministério Público em parceria com a Agência de Inteligência da Polícia Militar. Os órgãos já estavam monitorando a situação do garimpo na cidade há algum tempo. O local tem várias balsas onde as pessoas trabalhavam de forma ilegal, consequentemente, cometendo crime ambiental.

Foram conduzidas nove pessoas, apreendidas quatro armas, entre elas: duas pistolas, um revólver e uma espingarda. Ainda foram prendidas uma esteira, três dragas e uma balsa. O balseiro foi multado em R$ 300 mil, já que atuava de forma irregular.

O Tenente da Polícia Militar, Santana do município explicou para a imprensa, afirmou que vários equipamentos que eram usados para a extração ilegal foram retidos, através da operação, “Esse é o objetivo, estar tirando de circulação e fazendo a parte mais repressiva com essas pessoas que ficam degladiando o leito do rio” explicou o 1º Ten. Santana.

Os criminosos foram conduzidos para a delegacia da Polícia Civil, onde a equipe policial estará tomando as devidas providências e aplicando a lei para os infratores.

 

 

Fonte: https://mtdefato.com.br/nove-garimpeiros-sao-presos-em-operacao-da-policia-ambiental/