Abusador tentou se passar por outra pessoa quando policiais e membros do Conselho Tutelar chegaram à casa, mas menina foi vista e reconhecida por conselheira

Vítima detalhou os abusos sofridos.

Vítima detalhou os abusos sofridos.

Um homem de 61 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante, por estuprar a enteada de 9 anos. A prisão ocorreu na tarde de quinta-feira (8), em Santo Antônio do Leverger (34 km da Capital). A Polícia Judiciária Civil (PJC) foi fazer a busca e apreensão de dois irmãos, a menina de 9 e o menino de 11 anos, os quais seriam vítimas do padrasto, quando a menina saiu de um quarto só de calcinha.

Segundo a PJC, a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), em apoio ao Sexto Conselho Tutelar de Cuiabá, foi até a casa da família, localizada na zona rural, realizar as diligências. As vítimas não foram encontradas, mas vizinhos informaram que família mudou de endereço.

Na nova localização, o abusador tentou esconder sua identidade e disse que não conhecia a pessoa procurada, momento em que a vítima saiu do quarto só de calcinha e foi reconhecida pela conselheira tutelar. Enquanto os policiais saíram para encontrar o menino de 11 anos que não estava na casa, a menor foi ouvida pela conselheira tutelar e revelou que minutos antes da chegada das equipes, o padrasto a estava assediando, passando a mão pelo seu corpo, e deu detalhes dos abusos sofridos.

O padrasto das vítimas foi preso e levado para o Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Familiar, onde foi interrogado e autuado em flagrante por estupro de vulnerável.

A mãe também foi levada para Delegacia e sua responsabilidade será apurada. As crianças foram atendidas pela equipe psicossocial da polícia  e entregues para o Conselho Tutelar.

 

 

 

FONTE: https://www.reportermt.com.br/policia/padrasto-estupra-enteada-de-9-anos-em-leverger-policia-flagrou/122551