Família viveu momentos de terror ao sofrer assalto seguido de sequestro no interior de Mato Grosso

(POR Karina Cabral, O LIVRE)

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

 

Uma família moradora de uma propriedade rural na Gleba Tibaji, em Brasnorte (590 km de Cuiabá), viveu momentos de terror nessa segunda-feira (25) depois de ser vítima de um assalto em que uma mulher de 49 anos e uma bebê de um ano foram levadas como reféns.

Perseguidos pela polícia, os ladrões chegaram a colocar a bebê na janela para servir como escudo e impedir que os militares atirassem e, depois, uma suspeita saiu com um canivete no pescoço da bebê, mas acabou se desequilibrando e uma vítima a esfaqueou.

Conforme o boletim de ocorrência, quatro ladrões invadiram o sítio por volta das 17 horas e levaram uma motocicleta e alguns objetos pessoais da família.

Em seguida, eles pegaram um homem de 48 anos, que estava no sítio, de refém, levaram-o até sua propriedade rural e realizaram um segundo roubo.

Em um momento de descuido dos ladrões, o homem conseguiu fugir, mas os bandidos pegaram a mulher dele, de 49 anos, e uma bebê de um ano, colocaram no carro do casal e fugiram em direção à cidade de Sapezal (520 km de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada e iniciou as buscas aos suspeitos, conseguindo localizá-los por volta das 22 horas, saindo de um posto de combustível.

Os policiais tentaram parar o carro, mas eles iniciaram uma fuga em alta velocidade pelas ruas de Sapezal. Durante a fuga, um suspeito começou a atirar nos policiais e, para impedir que eles revidassem, obrigaram a refém adulta a colocar a bebê na janela.

A perseguição durou cerca de 10 minutos, até que o suspeito bateu no meio-fio e estourou o pneu do carro, sendo obrigado a parar.

Ele desceu do carro correndo e atirando contra os policiais, que revidaram, mas não o acertaram. Ele conseguiu entrar em um matagal e fugiu.

A comparsa dele, então, desceu do carro com a bebê, colocando um canivete no pescoço dela. Porém, ao descer do veículo, ela caiu e a outra refém tomou o canivete dela, a golpeou algumas vezes, pegou a bebê que estava embaixo da mulher e saiu correndo em direção aos policiais.

A suspeita, de apenas 16 anos, foi algemada e uma ambulância foi acionada para socorrê-la. As vítimas que foram feitas reféns também ficaram feridas devido às agressões sofridas durante o roubo.

O carro foi apreendido e dentro dele foi localizada uma espingarda carregada. O suspeito que fugiu já foi identificado, mas segue foragido.

O caso foi registrado como roubo, sequestro e cárcere privado.

 

FONTE: https://olivre.com.br/perseguidos-ladroes-colocam-bebe-pela-janela-para-evitar-que-a-policia-atire