Uma mulher acusada de apoiar os assaltantes que invadiram uma cooperativa de crédito Sicoob na semana passada, em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), foi presa pela Polícia Civil. Na ação, um bandido acabou morto.

A prisão ocorreu na sexta (17), mas a informação só foi confirmada na tarde desta segunda-feira (20).

De acordo com o delegado regional Sergio Ribeiro, a mulher foi a até a delegacia se passando por vítima para registrar o boletim de ocorrência de um suposto furto de carro.

No entanto, conforme o delegado informou ao site SóNotícias, a Polícia já sabia que o veículo da mulher tinha sido utilizado para dar apoio à ação dos bandidos.

“A noite uma mulher foi lá [na delegacia] falando que tinha sido roubada. Só que nós já sabíamos que o carro dela tinha sido usado para dar apoio aos assaltantes. Ela confessou que tinha emprestado o veículo para o assaltante [morto na cooperativa], mas que não sabia que era para roubar”, disse o delegado. A mulher prestou depoimento e está presa.

Assim sobe para cinco o número de pessoas presas por suspeita de envolvimento com o crime.

O caso

Dois homens tentaram invadir a agência de crédito para realizar um assalto, porém um dos ladrões foi baleado pelo segurança do estabelecimento. O homem morreu logo após ação.

Seu comparsa, de 18 anos, que havia conseguido fugir do local do crime, foi preso pouco tempo depois do assalto em uma região da mata, próximo ao aeroporto de Sinop.

Com a prisão, a polícia conseguiu chegar a um terceiro suspeito, que foi encontrado com diversas porções de drogas, uma balança de precisão, dez celulares, joias, um moto CG Titan – com registro de roubo -, um Gol e um revólver calibre 38.

Junto com este terceiro suspeito, também foi preso um adolescente, cuja idade não foi informada, mas que a polícia acredita que ele também integre o grupo criminoso.

Na agência de crédito

Na tarde de sexta-feira (21), dois bandidos tentaram assaltar a cooperativa de crédito.

Um deles foi morto pelo vigia da empresa, que reagiu à ação. E o segundo fugiu do local, sendo capturado posteriormente em uma ação integrada das polícias Federal e Civil.

Imagens da câmera de segurança divulgadas pela Polícia Militar mostraram o momento em que o assaltante morto entrou na agência.

Conforme divulgado pelo MidiaNews, a porta giratória bloqueou diversas vezes a entrada do bandido, que estava armado. Porém, o vigia liberou sua passagem.

Em seguida, o criminoso foi em direção ao profissional de segurança, sacou uma arma, tentou atirar, mas não conseguiu. Em uma ação rápida, o vigia reagiu e atirou no bandido.

Fonte: www.midianews.com.br