Cerca de 100 Policiais Federais estão dando cumprimento a 26 mandados judiciais, a maioria em Mato Grosso.

Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (23) a operação Céu Dourado, com o objetivo de combater a extração e a venda ilegal de ouro por empresas ligadas ao comércio e exportação de minério.

Cerca de 100 Policiais Federais estão dando cumprimento a 26 mandados judiciais, sendo
24 mandados de busca e apreensão e dois mandados de sequestro de aeronaves, nos Estados de Goiás, Mato Grosso e São Paulo, todos expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal de Goiânia (GO).

Segundo a assessoria da Polícia Federal, a maioria dos mandados está sendo cumprido em cidades de Mato Grosso, nas cidades de Cuiabá, Alta Floresta, Apiacás, Colíder e Colniza.

De acordo com a investigação, iniciada a partir da apreensão de 110 quilos de ouro avaliada em mais de 20 milhões de reais, ocorrida em 10 de junho deste ano, no aeroporto de Goiânia, foram detectados indícios da participação de empresas na emissão de notas fiscais falsas com o intuito de acobertarem a origem ilegal do ouro.

Apurou-se também que uma das prováveis minas, de onde teria sido extraído parte do ouro apreendido, não estava em funcionamento, o que corrobora a tese de que o ouro é de origem ilegal e está sendo esquentado pelos investigados através de empresas de fachada.

Ficou constatado que apesar de uma das empresas envolvidas atuar na exportação de ouro para a Europa, não há registro de comércio exterior em seu nome.

Estão em apuração os crimes de usurpação de matéria prima da União, crime ambiental
e falsidade ideológica.

 

Fonte: https://olivre.com.br