Reportagem do LIVRE percorreu 31 postos da capital e mostra onde estão os combustíveis mais caros e mais baratos.

Mikhail Favalessa, da Redação

 

A variação nos preços do etanol e da gasolina em Cuiabá pode chegar a 27,12%, impactando diretamente o bolso do consumidor. A diferença foi constatada pela reportagem do LIVRE, que percorreu 31 postos da capital nesta quinta-feira (06). No caso do etanol, a diferença entre o litro mais barato e o mais caro chega a 27,12%. No caso da gasolina, a variação chega a 14,24%.

Etanol

O maior valor para o etanol foi encontrado no Posto Alphaville, de bandeira Shell, na Avenida Miguel Sutil. Por lá, o combustível é vendido a R$ 2,39. O preço mais baixo foi encontrado no Posto Pascoal Ramos, na avenida Fernando Corrêa, onde o litro sai por R$ 1,88. A  – diferença de R$ 0,51 por litro.

Ao encher o tanque de um carro com capacidade para 50 litros de combustível, por exemplo, o consumidor pode economizar até R$ 25,5 se pesquisar bem pelos postos da cidade.

O Livre

Tabela etanol barato

Gasolina

No caso da gasolina, o Posto Alphaville novamente registrou o maior valor: R$ 3,69. Outros dois postos também revendiam o combustível pelo mesmo preço: Posto dos Trabalhadores, na Estrada do Moinho, e o Posto Pascoal Ramos, na avenida na Fernando Corrêa.

O menor preço da gasolina foi encontrado no Posto São Matheus (próximo ao Jardim Industriário) e no Posto Imperial, na Avenida Miguel Sutil: R$ 3,23. A diferença entre o litro mais caro e o mais barato é de R$ 0,46. Em um carro com capacidade para os mesmos 50 litros, a economia seria de R$ 23.

O Livre

Tabela gasolina barata

 

Faça as contas
Se for considerada uma média de quatro abastecimentos completos por mês, a diferença de gastos pode chegar a R$ 92 para a gasolina e a R$ 102 para o etanol.

De acordo o último dado divulgado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de Mato Grosso (Sindipetroleo), o preço médio do etanol em Cuiabá estava em R$ 2,08, sendo que as distribuidoras o revendiam a R$1,81. O preço médio da gasolina estava em R$ 3,45 nas bombas da capital, contra R$ 2,99 nas distribuidoras. A pesquisa foi realizada entre os dias 25 de junho e 01 de julho.

De acordo com o sindicato, os principais fatores a impactar os preços dos combustíveis são o frete, os custos fixos do posto, a localização e as condições de negociação com a distribuidora.

Na última terça-feira (4), a Petrobras aumentou o preço da gasolina em 1,8% nas refinarias de todo o país. Segundo o Sindipetróleo, ainda não foi possível analisar o impacto do reajuste nas bombas de Cuiabá.

Operação
A assessoria de imprensa da associação afirmou ainda que a operação realizada na última quarta-feira (05), quando o Procon estadual e o Procon municipal fiscalizaram 16 postos com auxílio de outros órgãos, não deve impactar o preço nas bombas. Na ocasião, foram encontrados postos com diversas irregularidades, sendo a mais comum o caso de postos “clone”, que apesar de serem do tipo “bandeira branca”, utilizam cores, logomarcas e uniformes semelhantes às distribuidoras de combustível. Nenhum posto foi interditado.

Fonte: http://olivre.com.br/geral/preco-do-etanol-tem-variacao-de-ate-27-nos-postos-de-cuiaba/4786