Devido à maneira inconsequente como conduz o mandato, gravando conversas e reuniões, invadindo salas, além de manipular dados, dissimular e provocar discussões e brigas, Abílio Júnior (foto) conseguiu, em pouco tempo, ampliar a rede de inimizades em todos os núcleos por onde passa e/ou convive. Enfrenta resistência até dentro da Assembleia de Deus, onde trabalhou como arquiteto antes de se tornar parlamentar e hoje é visto com preocupação por fiéis e pastores, para quem o vereador está expondo a Igreja à vergonha por causa de certas atitudes. Abílio já brigou com servidores públicos, com secretários do prefeito Emanuel, com colegas vereadores, com fiscais e com policiais militares, que se mostram impacientes devido à ocorrência de tantas confusões armadas pelo parlamentar. Como na passagem bíblica, “há tempo de plantar, tempo de colher”, Abílio, que explora bastante as redes sociais, passou a ser bombardeado de comentários negativos a sua postura parlamentar. De fato, está colhendo o que plantou.

Fonte: https://www.rdnews.com.br