O ponto turístico é um precipício próximo ao Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. Para os vereadores, a mudança trará “bons fluídos e vai atrair mais turistas”.

(Por André Souza, G1 MT)

Paredões na região do Portão do Inferno chegam a 150 metros de altura.  — Foto: José Medeiros/GCOM-MT

Paredões na região do Portão do Inferno chegam a 150 metros de altura. — Foto: José Medeiros/GCOM-MT

Os vereadores de Chapada dos Guimarães, a 65 km da capital, e de Cuiabá devem se reunir em uma audiência pública para discutir ações para consolidar a mudança do nome do Portão do Inferno, ponto turístico entre os dois municípios, para ‘Portal do Paraíso’.

O ponto turístico é um precipício, que fica às margens da MT-251, próximo ao Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.

Uma lei de 1998, sancionada pelo então prefeito de Chapada dos Guimarães, Sebastião Treme Terra, já havia alterado o nome do precipício.

O objetivo dos parlamentares é realizar uma audiência pública para definir ações que promovam e consolidem o novo nome do local.

Para os vereadores, a mudança trará “bons fluídos e vai atrair mais turistas”.

A proposta foi feita pelo presidente da Câmara de Cuiabá e deve ser apreciada pelos demais parlamentares após o fim do recesso.

Fonte: https://g1.globo.com/mt