O suspeito, 69 anos, foi preso, ontem à noite, após ser denunciado por uma mulher, 20 anos, por assédio e ameaça de morte. Ele tentou resistir a prisão, chegou a se jogar no chão e precisou ser contido pelos policiais militares para ser conduzido até a delegacia.

De acordo com o relato da mulher, há duas semanas ela alugou um quarto na residência do suspeito e pagou R$ 550. Dois dias depois, ele passou a assedia-la, dizendo que queria ficar com ela e tinha “desejos sexuais”, além de passar a mão em suas pernas e braços.

Já ontem, a vítima estava sentada em frente a residência, quando o suspeito novamente pediu para dormirem juntos, e recebeu outra negativa. Momentos depois, um homem passou na rua e pediu informações para a mulher.

Ao perceber, o suspeito se alterou e passou a gritar que lá “não era casa de prostituição” e foi para cima da mulher, dizendo que “ia quebrar ela no pau” e a mataria. Com medo, ela correu pedindo socorro e acionou os policiais.

Quando a guarnição chegou no local, o homem, que estava em visível estado de embriaguez, tentou resistir a prisão e não entrou passivamente na delegacia. Ele foi imobilizado e encaminhado à delegacia de Polícia Civil.

 

 

 

fonte: https://www.sonoticias.com.br/policia/mulher-denuncia-idoso-por-assedio-e-ameaca-de-morte-em-sinop-suspeito-preso/