prefeito Jacob Vila Bela

Prefeito Jacob André já disse que vírus morre em contato com ar e que máscara faz mal

Depois de  divulgar informações falsas sobre à Covid-19 e contradizer protocolos oficiais da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a prevenção do vírus, o prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade (a 418 km de Cuiabá),    Jacob André Bringsken (MDB), causa polêmica, outra vez, prometendo distribuir kits de forma aleatória para tratamento do novo coronavírus.

Jacob descreve os medicamentos no vídeo, sendo que, nenhum dos que ele menciona tem comprovação científica de eficácia para o combate do vírus. “Vou fazer o kit Profilaxia e o kit Covid. Kit profilaxia vai ivermectina, zinco e vitamina D, esse eu vou distribuir aleatoriamente através dos agentes de saúde”, diz em um trecho.

Em seguida, ele retoma e blefa que todas são aprovadas pelo Ministério da Saúde. Ao continuar. “Esse vai ser o kit Covid vai ficar nas unidades, todas, também nas unidades rurais. Chegou com sintoma? Vai estar seu kit lá com receita. Você vai ver, Vila Bela zero de Covid-19”, dispara.

Frequência de fake news

Em janeiro, Bringsken afirmou que vírus morre em contato com o ar, que o uso de máscara faz “mais mal” do que bem e recomendou pela primeira vez o uso de medicamentos como ivermectina, annita, hidroxicloroquina e azitromicina para o tratamento de casos iniciais. A OMS nunca recomendou essas medicações para o tratamento em massa.

Ele também reforçou ser contra o lockdown e o fechamento do comércio. Segundo o prefeito, não existe nenhum dado científico nesses 8 meses que comprove que isso gere uma baixa na transmissibilidade do vírus. Outra inverdade, já que o isolamento social ajuda a conter a transmissão do vírus, sendo de suma importância para o controle dos casos de infecção. “Quando a pessoa está conversando com você no ar livre, com o sol o vírus morre em alguns segundos, então ele não consegue contaminar a outra pessoa”, foi uma das afirmativas dele no início do ano.

Mortes crescem

Os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 são Cuiabá (67.487), Rondonópolis (23.727), Várzea Grande (20.180), Sinop (15.833), Sorriso (11.688), Tangará da Serra (10.937), Lucas do Rio Verde (10.489), Primavera do Leste (9.144), Cáceres (6.829) e Alta Floresta (6.048).

O boletim ainda aponta que um total de 277.164 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.574 amostras em análise laboratorial.

 

 

Fonte: https://www.rdnews.com.br/coronavirus/prefeito-insiste-em-medicamentos-sem-comprovacao-e-minimiza-covid-19-video/142500