Reprodução

A jornalista Rose Velasco, mãe do gastrônomo João Guilherme Velasco, assassinado na noite de quarta-feira (28), em Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), aguarda com o coração na mão transladar o corpo do filho para Cuiabá. Ele será velado na capital, onde morava toda a sua família.

Com apenas 25 anos, Rose detalha o ótimo currículo do filho, com passagens em restaurantes renomados de Cuiabá. Formado em Gastronomia pela Universidade de Cuiabá (Unic), João Guilherme Velasco trabalhou no Seu Majó, Flor Negra e Avec.

“Ele foi pra Sinop com 20 anos com a colega dele, da faculdade de gastronomia, e foi pra lá. Sempre trabalhou, aqui ele trabalhou no Avec, do Hotel Gran Odara, Flor Negra, Seu Majó… Depois foi convidado para o Chalé Italiano”, conta.
Há 5 anos em Sinop, ele morava sozinho no município. A jornalista conta ainda que o filho tirou 15 dias de férias no começo do ano, para visitar a família. Foi a última vez que Rose viu João Guilherme.

“Ele esteve aqui com a gente, ficou 15 dias de férias esse ano e ele voltou. Ele tinha o projeto de tirar mais 15 dias de férias em setembro e retornaria de vez pra Cuiabá”, relata.

O corpo de João Guilherme Velasco será velado em Cuiabá nesta noite de quinta-feira (29). A família acompanha as investigações da Polícia Civil. Rose, inclusive, irá para Sinop, para resolver a burocracia do trabalho e também acompanhar de perto a investigação.

O caso
Gastrônomo e um dos cozinheiros do restaurante Chalé do Italiano, João Guilherme Velasco, 25, foi assassinado na noite de quarta-feira (28), em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). Corpo da vítima foi encontrado caído na rua, na frente do estacionamento de um hotel.

De acordo com as informações apuradas pelo , polícia foi acionada por volta das 22h15, quando o corpo da vítima foi encontrado caído na rua. Ele ao menos duas perfurações de arma de fogo na região da cabeça, indicando entrada e saída da bala.

Corpo de Bombeiros esteve no local, junto com a Polícia Militar, que constataram a morte e isolaram a cena do crime.

Polícia Civil foi acionada e iniciou o levantamento das informações preliminares do caso.

 

Velório 

Em Cuiabá, o corpo de João Guilherme será velado na capela da Pax CPA 2- sala 02, das 00h00 às 09h30 e o sepultamento às 10h30 no cemitério da Piedade.

 

 

 

 

Fonte: https://www.gazetadigital.com.br/editorias/cidades/jornalista-lembra-que-filho-morto-passou-por-restaurantes-renomados-em-cuiab/652456