Doméstica Francinete Silva dos Santos, de 32 anos, morreu ontem (13) após passar 3 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Sinop (a 500 km de Cuiabá). No sábado (9), ela foi brutalmente espancada com uma marreta pelo seu marido, o pedreiro Geordileis Cardoso da Silva, 52.

Conforme já noticiou o RDnews, dois filhos menores de idade presenciaram a agressão, que aconteceu durante uma briga. Vítima foi encontrada inconsciente, muito ferida e coberta de sangue. Ela tinha uma corda amarrada nos braços.

mulher assassinada sinop

Foram os vizinhos que acionaram a Polícia Militar (PM) e relataram que Francinete estava sendo espancada a ponto de correr risco de morte. Corpo de Bombeiros prestou socorro à mulher e ela foi encaminhada em estado gravíssimo para o hospital.

Suspeito pelo crime cavou uma cova no quintal de 1,2 metros de comprimento, 80 centímetros de largura e 60 centímetros de profundidade. Ele tinha o intuito de enterrá-la antes da chegada dos policiais.

Homem, contudo, conseguiu fugir. Crianças ficaram sob responsabilidade do Conselho Tutelar. Caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

 

 

Fonte: https://www.rdnews.com.br/policia/mulher-espancada-pelo-marido-com-marreta-morre-apos-ficar-3-dias-na-uti/147052