Mulher de Sergio Moro filiou-se recentemente no União Brasil

(por Lucione Nazareth/VGN)

image

Michel Filho/Agência O Globo

O pré-candidato à presidência da República, deputado Luciano Bivar (União), disse que o partido cogita lançar “chapa pura” em que terá como vice uma mulher, citando entre as possíveis vices Rosângela Wolff Moro, esposa de Sergio Moro. As declarações ocorreram em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo publicada nesta terça-feira (21.06).

Bivar disse ainda, que nos últimos dias vem conversando com diversos partidos, mas revelou que está confortável porque o “União Brasil tem luz própria”, podendo a legenda lançar uma “chapa puro-sangue” com a possibilidade de ter como vice a senadora do Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke; a deputada baiana Dayane Pimentel e até a recém-filiada na legenda, a advogada Rosangela Moro.

Na entrevista, o deputado declarou que tem dúvidas se o MDB confirmará a candidatura da senadora Simone Tebet, e que desde do começo o União Brasil mostrou interesse em construir uma “terceira via” – quando estava em negociações com MDB, PSDB e Cidadania.

Ele ainda minimizou o resultado das últimas pesquisas eleitorais, em que ele aparece com 1% das intenções de votos empatados com Simone Tebet, e que no horário eleitoral, quando de fato iniciar a campanha, o União Brasil conseguirá reverter os atuais dados – lembrando que o partido tem o maior tempo de televisão.

“De 0 a 3 estão todos na margem de erro. Não tem por que se arvorar de ser o representante da 3ª via. (….) Quando chegar o horário eleitoral, vamos ter o mesmo tempo de TV ou mais que os dois principais candidatos (Lula e Jair Bolsonaro) que estão aí”, disse Luciano Bivar ao jornal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://www.vgnoticias.com.br/politica/uniao-brasil-pode-ter-chapa-pura-para-presidencia-mulher-de-sergio-moro-e-cogitada-para-ser-vice/89862